Em São Luís

Laudo aponta que 18 pontos de praias são impróprios para banho

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) divulgou o relatório neste sábado (21).

Imirante.com

De acordo com a Sema, 22 pontos localizados nas praias da Grande São Luís tiveram amostras de água coletadas.
De acordo com a Sema, 22 pontos localizados nas praias da Grande São Luís tiveram amostras de água coletadas. (Foto: Matheus Soares / Grupo Mirante)

SÃO LUÍS - Um relatório realizado para apontos os pontos impróprios para banho foi divulgado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) e 18 locais foram considerados inadequados por meio do laudo.

De acordo com a Sema, 22 pontos localizados nas praias da Grande São Luís tiveram amostras de água coletadas. Trechos na região de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa também foram analisados. Os locais considerados como impróprios atestaram a presença de bactérias oriundas da rede de esgoto humano.

De acordo com o oceanógrafo e professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) Leonardo Soares, as fortes chuvas que aconteceram em maio podem acasionar a afluência de esgotos, próximos às praias. “Um dos principais efeitos, primeiro: é o lançamento de esgoto, nos rios, que drenam a cidade de São Luís. Um segundo fenômeno, que traz um efeito importante na queda da balneabilidade, são as chuvas. Porque chove, e essa água drena essas bacias e lava esse esgoto clandestino, e, também, o esgoto que não é coletado pela companhia de saneamento nessas bacias, sendo acarreado para a praia”, disse o professor.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.