Justiça

Comprovante de vacinação será exigido para entrada em unidades do Poder Judiciário do Maranhão

Medida foi tomada após aumento dos casos de Covid-19 no Maranhão.

Imirante.com, com informações do TJMA

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h32
Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA).
Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS - O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Lourival Serejo, determinou, nesta sexta-feira (21), por meio de uma Portaria, a apresentação obrigatória do comprovante de vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) para entrada em todas as unidades judiciais e administrativas da Justiça de 1º e 2º Grau do Poder Judiciário do Maranhão.

Na entrada das instalações do Poder Judiciário do Maranhão, magistrados, magistradas, servidores, servidoras, colaboradores terceirizados, colaboradoras, terceirizadas, membros do Ministério Público, defensores públicos, defensoras públicas, advogados e população em geral deverão apresentar o certificado/passaporte ou carteira de vacinação contra a Covid-19, para que seja permitido o acesso.

É considerado comprovante de vacinação, documento físico ou eletrônico, emitido pela autoridade sanitária competente.

Passo a passo do comprovante eletrônico

Primeiro, é necessário instalar o aplicativo “Conecte SUS” no smartphone, disponível para Android e IOS.

Na interface do aplicativo, o usuário clica no ícone “Vacinas”, em que é preciso criar ou acessar uma conta no site Gov.br (o aplicativo direciona).

Após se cadastrar e entrar com o login, que exige CPF e senha, aparecerá o ícone “Carteira de Vacinação Digital”, possibilitando o acesso em PDF da carteira para impressão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.