Imperatriz

Aterro Sanitário de Imperatriz está em fase de elaboração

O projeto está em negociação, entre Sema, Suzano celulose e a prefeitura.

Safira Pinho/ Imirante Imperatriz

- Atualizada em 27/03/2022 às 12h06

IMPERATRIZ- Em uma entrevista concedida ao Portal Imirante Imperatriz, nesta semana, o secretário de Meio ambiente do Estado, Vitor Mendes, falou sobre o projeto do aterro sanitário em Imperatriz. A construção do aterro faz parte da política do Governo Federal, conforme prevê a legislação nacional sobre resíduos sólidos, que estipula um prazo, até o ano de 2014, para que os municípios se organizem para a construção desta obra.

“A questão de lixão é comum todos os municípios do Maranhão, nós não temos nem na capital nem em Imperatriz. Nós estamos fazendo um papel de articulação, tendo em vista esse bum de empresas na região. O Governo do Estado está conseguindo fomentar para região, a manutenção e a construção desses aterros para que o município possa operacionalizar”, ressaltou o secretário.

A construção do aterro sanitário na cidade conta com a parceria da Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Cema), município e iniciativa privada, nesse caso a empresa Suzano Papel e Celulose.

Segundo o secretário, a participação da empresa é a doação do plano de construção do aterro. “A fase agora é de discussão, levantamento de área, saber o melhor local, a secretária está estimulando. O projeto está em negociação, entre Cema, Suzano, e a prefeitura”, concluiu Mendes.

A prefeitura já começou o processo para a extinção do lixão municipal atual localizado nas margens da Estrada do Arroz, na zona rural de Imperatriz, que na prática é uma obra inacabada de um aterro sanitário que virou depósito de lixo urbano.

Há mais de cerca de dez anos o prefeito Jomar Fernandes iniciou a construção do aterro sanitário, mas a obra foi paralisada. O local virou lixão e o caso foi parar na Justiça.

Para ler mais notícias do Imirante, clique em imirante.com. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.