Linchamento

Jovem de 13 anos é morto a pauladas após invadir residência em Governador Edison Lobão

Bruno Aguiar da Silva foi espancado até a morte por um grupo de pessoas; adolescente tinha várias passagens pela Funac.

Angra Nascimento / Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h05
Bruno Aguiar da Silva foi linchado por um grupo de pessoas em Governador Edison Lobão.
Bruno Aguiar da Silva foi linchado por um grupo de pessoas em Governador Edison Lobão. (Reprodução / Redes Sociais)

GOVERNADOR EDISON LOBÃO – Um adolescente de 13 anos, identificado como Bruno Aguiar da Silva, foi linchado pela população na noite de domingo (18), em Governador Edison Lobão. Segundo a polícia, várias pessoas teriam participado do linchamento.

Bruninho, como era conhecido, tinha várias passagens pela Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) por ato infracional correlato a roubo. Segundo os moradores, ele costumara arrombar portas de residências e praticar pequenos roubos.

O adolescente foi apreendido várias vezes, mas acabava solto, e novamente cometia os mesmos crimes. Nesse domingo, após invadir uma residência, foi pego pelos moradores e espancado até a morte. O caso está sendo investigado pela polícia.

Em nota, a Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) informou que o adolescente citado nunca cumpriu medida socioeducativa em Centro Socioeducativo de responsabilidade da Fundação

Veja nota na íntegra:

A Fundação da Criança e do Adolescente esclarece sobre a matéria veiculada no portal Imirante nesta terça-feira (20), intitulada _“Jovem de 13 anos é morto a pauladas após invadir residência em governador Edison Lobão”,_ que o adolescente citado nunca cumpriu medida socioeducativa em Centro Socioeducativo de responsabilidade da Fundação.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.