Prisão

Padrasto é preso suspeito de abusar da enteada de um ano em Davinópolis

A menina precisou passar por uma cirurgia para reconstrução do órgão genital.

Tatyna Viana / Imirante

Prisão ocorreu no sábado (21), na zona rural de Davinópolis.
Prisão ocorreu no sábado (21), na zona rural de Davinópolis. (prisão)

DAVINÓPOLIS - Um homem foi preso em flagrante na zona rural do município de Davinópolis no sábado (21), suspeito de estupro de vulnerável contra a enteada de apenas um ano e dois meses.

As conselheiras tutelares foram comunicadas do crime por uma agente de saúde do assentamento Primeiro de Maio: de acordo com as informações do Conselho, a mãe ligou para a agente após a criança apresentar um sangramento na parte íntima. A suspeita de estupro foi reforçada após o laudo do Instituto Médico Legal (IML), que confirmou a violência.

A menina foi levada pela Polícia Militar para um hospital de Davinópolis, apresentando febre. No atendimento, o médico disse que ela precisava de uma cirurgia de urgência para reconstrução do órgão genital. A menina foi encaminhada para o Hospital Municipal de Imperatriz, onde está internada após ter sido submetida ao procedimento cirúrgico no domingo (22).

De acordo com o Conselho Tutelar, a mãe tem outra filha, de dois anos e cinco meses, que também apresenta sinais de que tenha sofrido abuso sexual do padrasto e vai passar por exames. Segundo o Conselho, quatro casos de abuso sexual contra crianças foram registrados em Davinópolis em 2022.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.