Sequestro

Dupla é presa suspeita de sequestrar, torturar e manter adolescente grávida em cativeiro, em Coroatá

Os sequestradores estavam exigindo a quantia de R$ 400 do companheiro da vítima para libertá-la.

Imirante, com informações da Polícia Civil

- Atualizada em 17/08/2022 às 10h47
Sequestro de adolescente grávida foi registrado em Corotá.
Sequestro de adolescente grávida foi registrado em Corotá. (Arte: Imirante.com)

COROATÁ – Dois suspeitos de sequestrar e torturar uma adolescente grávida foram presos no município de Coroatá na tarde dessa terça-feira (16).

Segundo informações da Polícia Civil, os suspeitos Watanael do Nascimento Braga e Thiago Augusto Gonçalves Silva mantiveram a vítima em um cativeiro situado na Vila Vavá.

A refém, de 16 anos, foi agredida e ficou aprisionada por algumas horas. Os sequestradores estavam exigindo a quantia de R$ 400 do companheiro da vítima para libertá-la. O pagamento seria referente a uma dívida por drogas.

A polícia conseguiu chegar ao local do cativeiro na tarde de ontem, e um dos suspeitos fugiu pulando o muro. O outro se escondeu na casa ao lado, mas foi logo preso em flagrante. O homem que havia fugido foi localizado na manhã de hoje (17), em uma casa no bairro Vila Teresa Murad. 

A jovem, que havia sido libertada momentos antes da chegada da polícia, foi localizada em um bar no Mercado Central da cidade.

Os dois suspeitos foram autuados pelos crimes de extorsão mediante sequestro qualificado e lesão corporal. Os dois são suspeitos de envolvimento com facção criminosa. Após os procedimentos legais, eles foram encaminhados para a UPR de Coroatá.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.