Comércio ilegal

Fábrica clandestina de armas de fogo é descoberta em Codó, e um homem é preso

Foram apreendidas nove armas de fogo artesanais, tipo espingarda.

Imirante, com informações da Polícia Civil

Espingardas apreendidas pela polícia. Foto: Divulgação/Polícia Civil.
Espingardas apreendidas pela polícia. Foto: Divulgação/Polícia Civil.

CODÓ - Um homem foi preso em uma ação da polícia que desmontou uma fábrica clandestina de armas de fogo, no povoado Nova Vila, em Codó, na última segunda-feira (3). 

O homem é suspeito do crime de comércio clandestino de arma de fogo e munições. Segundo o delegado Francisco Fontenele Júnior, na residência do suspeito funcionava uma oficina clandestina de arma de fogo, local onde também foram apreendidas nove armas de fogo artesanais, tipo espingarda, e material para a fabricação de armas de fogo.

O homem foi levado à sede da Delegacia Regional de Codó para prestar esclarecimentos e foi encaminhado à Unidade Prisional de Codó, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Ponto de fabricação de armas de fogo foi fechado. Foto: Divulgação/Polícia Civil.
Ponto de fabricação de armas de fogo foi fechado. Foto: Divulgação/Polícia Civil.

A investigação é conduzida pelo Grupo de Pronto Emprego (GPE) da 4ª Delegacia Regional, com apoio Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCMA).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.