Prisões

Dupla é presa em operação contra o tráfico de drogas em Codó

Em Buriti Bravo também foram efetuadas duas prisões em flagrante.

Imirante, com informações da PC-MA

Armas apreendidas em Codó.
Armas apreendidas em Codó. (Divulgação/Polícia Civil)

CODÓ - Uma operação da Polícia Civil do Maranhão, deflagrada nessa quinta-feira (2), resultou em duas prisões na cidade de Codó.

Em nova fase da operação “Canis Lupus Familiaris”, os policiais conseguiram cumprir um mandado de prisão preventiva contra um homem pela prática do crime de tráfico ilícito de entorpecentes. Durante as buscas no interior da residência, foram encontradas três consideráveis porções de substância verde vegetal, bem como três armas de fogo, sendo dois revolveres calibre 32 e uma arma de fabricação artesanal, tipo garrucha. Por esse motivo, o proprietário do imóvel também foi preso.

A operação “Canis Lupus Familiaris” é resultante de investigação que apura a prática do tráfico de drogas no município de Codó. 

Os presos serão encaminhados à UPR de Codó, onde aguardam à disposição da Justiça. Ao total, a operação efetuou 11 prisões, e várias apreensões de armas e drogas foram realizadas. 

A ação é coordenação pela 4° Delegacia Regional de Polícia Civil do Codó, do Grupo de Pronto Emprego (GPE) e do Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCMA).

Mais prisões por tráfico de drogas

A Polícia Civil do Maranhão com apoio da Polícia Militar do Maranhão, em uma ação realizada nessa quinta, conseguiram cumprir mandados de busca e apreensão contra investigados pelo crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico na cidade de Buriti Bravo. Na ocasião, dois homens foram presos em flagrante.

A operação policial, que contou com as participações de policiais civis da delegacias de Buriti Bravo, da 12ª Delegacia Regional de São João dos Patos e de policiais militares  do 33º BPM, conseguiu apreender de 83 trouxinhas de maconha; 50 papelotes de cocaína; 90 pedras de crack; dois tabletes médios de maconha; uma balança de precisão, sete estojos de calibre 28, munição calibre 38; uma quantia em dinheiro e dois celulares.

A dupla foi levada à delegacia e depois encaminhada ao presídio de São João dos Patos, onde devem ficar sob responsabilidade do judiciário.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.