Crime

Homem é morto durante briga entre ciganos em Chapadinha

Vítima, identificada como Antônio Renato Barbosa Carvalho, foi atingida por vários disparos de arma de fogo e morreu no local.

Imirante.com

- Atualizada em 19/05/2022 às 10h59
Além de Antônio Renato, a sua mulher, Francisca das Chagas Silva, também foi alvejada com os tiros, mas está fora de perigo.
Além de Antônio Renato, a sua mulher, Francisca das Chagas Silva, também foi alvejada com os tiros, mas está fora de perigo. (Divulgação)

CHAPADINHA – Um homem foi morto, no início da noite dessa quarta-feira (18), durante uma briga entre famílias rivais cigana. O crime aconteceu em Chapadinha, cidade distante 245 km de São Luís.

Segundo a Polícia Civil, o crime foi registrado na avenida Taliba Vieira, situada na área central de Chapadinha. Na ocasião, quatro suspeitos, já identificados pela polícia, invadiram uma oficina de veículos e executaram o homem, identificado como Antônio Renato Barbosa Carvalho.

De acordo com agente da Polícia Civil, Muniz Ribeiro, a vítima foi atingida por vários disparos de arma de fogo e morreu no local. Além de Antônio Renato, a sua mulher, Francisca das Chagas Silva, também foi alvejada com os tiros, mas está fora de perigo. 

“Os elementos chegaram para executar o casal, mas graças a Deus a mulher foi baleada no braço e já está sendo socorrida. Já o Renatinho nós já sabemos que veio a óbito. Nós estamos isolando o local para amanhã vim fazer um trabalho mais investigativo para poder saber. Mas a princípio a gente já tem uma linha de investigação”, contou o policial Muniz Ribeiro.

A polícia diz que a linha de investigação seria que há uma briga entre famílias rivais de ciganos na cidade de Chapadinha e esse seria mais um homicídio provocado por conta dessa rixa entre famílias de ciganos no município.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.