Em Buriticupu

Buriticupu: IFMA realiza capacitação de sistema em Braille

A ação foi para professores, servidores e estudantes do Campus.

Imirante Imperatriz, com informações da assessoria

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h30
Estudante sendo capacitando por um instrutor durante o curso em Buriticupu.
Estudante sendo capacitando por um instrutor durante o curso em Buriticupu. (Foto: Divulgação/ Assessoria)

BURITUCUPU – O Instituto Federal do Maranhão (IFMA), em Buriticupu, realizou um curso de Braille para servidores, estudantes e professores da rede pública de ensino. A ação, com carga horária de 20h, foi promovida pelo Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (NAPNE) e se fundamenta na Resolução nº 15/2015, que institui o NAPNE com a finalidade de promover a cultura da educação para a convivência.

De acordo com a pedagoga e coordenadora do NAPNE do Campus Buriticupu, Joanyse Guedes, “o objetivo do curso foi oportunizar aos professores, técnicos administrativos em Educação do campus, professores da rede pública municipal de ensino e alunos do Ensino Técnico e Superior, o conhecimento sobre o sistema Braille de escrita, com vistas à efetivação da Educação Inclusiva. Foram duas turmas, o que totalizou a participação de 36 cursistas”.

O estudante Roney Moraes, do curso técnico em Administração integrado ao ensino médio, possui baixa visão e disse que o curso o ajudou a ampliar o conhecimento sobre o Braille, estimulando-o a estudar mais essa área e que a oportunidade foi um estímulo para que mais pessoas conheçam esse Sistema de escrita, pois no município não há pessoas formadas na área.

Para a professora de Biologia, Rivânia Lira, os docentes do campus que participaram do curso tiveram uma excelente oportunidade de formação continuada.

“O curso de Braille foi uma ótima oportunidade de aprendizado. Já tinha curiosidade sobre o assunto e agora só despertei para buscar mais aperfeiçoamento. Depois do curso me sinto mais segura para trabalhar com alunos com deficiência visual”, afirmou a professora.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.