REFORMA TRIBUTÁRIA

Novo relatório mantém carnes fora da cesta básica

O principal ponto de debate continuou sendo a possibilidade de inclusão de proteínas animais, como carnes bovinas e de frango, na cesta básica.

Folha de SP

Sem carnes da cesta básica
Sem carnes da cesta básica (Mapa / iStock)

BRASIL - O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, definiu o deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) como relator de plenário do projeto de lei de regulamentação da reforma tributária, após acordo com os sete integrantes do grupo de trabalho (GT), em reunião durante a madrugada desta quarta-feira (10).

O principal ponto de debate continuou sendo a possibilidade de inclusão de proteínas animais, como carnes bovinas e de frango, na cesta básica com alíquota zerada. O PL define a incidência dos futuros impostos sobre consumo CBS e IBS, criado pela emenda constitucional da reforma tributária.

Não houve acordo com o Ministério da Fazenda para desoneração das proteínas animais. O governo manteve o argumento de que haveria impacto de 0,53 ponto porcentual na alíquota dos impostos estimada em 26,5%.

Na nova versão do relatório do GT (Grupo de Trabalho) dedicado ao projeto, as carnes seguem com redução de 60% dos novos impostos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.