Atos em Brasília

Justiça torna réu trio acusado de montar explosivo perto do Aeroporto de Brasília

Decisão do juiz Osvaldo Tovani atende denúncia do Ministério Público do Distrito Federal, a partir das investigações da Polícia Civil. Caso ocorreu no dia 24 de dezembro.

Ipolitica com informações do G1

- Atualizada em 15/01/2023 às 16h18
Justiça torna réu trio acusado de montar explosivo perto do Aeroporto de Brasília
Justiça torna réu trio acusado de montar explosivo perto do Aeroporto de Brasília (Minervino Junior/CB/DA Press))

BRASÍLIA- O Tribunal de Justiça do Distrito Federal(TJDFT) aceitou a denúncia contra três pessoas suspeitas de envolvimento na tentativa de explosão de um artefato instalado em um caminhão-tanque de combustível, próximo ao aeroporto de Brasília, em dezembro do ano passado. 

A decisão do juiz Osvaldo Tovani, da 8ª Vara Criminal de Brasília, é da primeira instância  atendendo denúncia do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), a partir das investigações da Polícia Civil. Na época do ocorrido a Polícia Militar foi acionada após o motorista do caminhão perceber o objeto estranho no seu veículo. 

De acordo com a denúncia, Washington de Oliveira Sousa, Alan Diego dos Santos e Welligton Macedo de Souza montaram o artefato e entregaram o material para que fosse colocado no caminhão de combustível por Wellington Macedo.

Os réus vão responder na Justiça pelo crime de explosão, quando se expõe “a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem, mediante explosão, arremesso ou simples colocação de engenho de dinamite ou de substância de efeitos análogos”. A pena é de 3 a 6 anos de prisão e multa.

No entanto, o Ministério Público considera que é preciso aumentar a pena em 1/3, já que o crime foi cometido tendo como alvo depósito de combustível.

Já as acusações de atos de terrorismo vão ser enviadas para a Justiça Federal, instância competente para analisar se estão configurados crimes contra o Estado Democrático de Direito.


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.