Tratamento

SUS: Saúde inclui nova apresentação de remédio para asma

Trata-se do omalizumabe em solução injetável em seringa preenchida.

Agência Brasil

Ministério da Saúde faz anúncio sobre tratamento de asma.
Ministério da Saúde faz anúncio sobre tratamento de asma. (Foto: Aílton de Freitas / Agência O Globo)

BRASÍLIA - O Ministério da Saúde informou nessa sexta-feira (11) que incluiu no Sistema Único de Saúde (SUS) uma nova apresentação de medicamento injetável para tratamento de asma alérgica grave não controlada. Trata-se do omalizumabe em solução injetável em seringa preenchida.

A inclusão da nova apresentação foi analisada pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), que viu a necessidade de atualizar os Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) para a doença.

Segundo relatório, a decisão foi tomada após previsão de que o omalizumabe em pó para solução injetável usado atualmente não estará mais disponível a partir de dezembro. Dessa forma, foi necessária a inclusão da apresentação injetável em seringa preenchida.

"Em geral, a formulação injetável em seringa preenchida mostra-se equivalente à apresentação em pó em termos de benefícios e riscos, podendo ainda se mostrar de uso mais fácil e com maior tolerabilidade aos possíveis efeitos adversos. Vale lembrar que as duas formulações têm o mesmo preço, de acordo com a Lista de Preços de Medicamentos da Câmara de Regulação de Preços de Medicamentos (CMED) da Anvisa, atualizada em julho de 2022. Logo, não há expectativa de mudança nos aspectos econômicos e nos gastos para o SUS", afirma o documento.

Asma

A asma é uma doença inflamatória crônica que atinge as vias aéreas inferiores, como traqueia e brônquios. Essas regiões ficam mais sensíveis a diferentes estímulos, levando ao bloqueio do fluxo de ar de forma recorrente e, em geral, reversível.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 235 milhões de pessoas sofrem com a doença no mundo. São cinco as formas mais comuns da doença: alérgica, não alérgica, de início tardio, com limitação do fluxo de ar e com obesidade.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.