Investigação

OMS registra 348 casos de hepatite misteriosa em 20 países

No Brasil, pelo menos 16 casos suspeitos são investigados.

Imirante.com, com informações do g1

- Atualizada em 11/05/2022 às 09h51
De acordo com a OMS, foram notificados casos em 20 países, com 70 casos adicionais de outros 13 países que estão pendentes de classificação.
De acordo com a OMS, foram notificados casos em 20 países, com 70 casos adicionais de outros 13 países que estão pendentes de classificação. (Foto; Reprodução)

BRASIL - Nessa terça-feira (10) a Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que foram registrados 348 casos prováveis de uma misteriosa hepatite, que afeta especialmente as crianças, e que foram aceleradas as análises sobre o seu possível vínculo com o adenovírus e a infecção por Covid-19. No Brasil, pelo menos 16 casos são investigados.

De acordo com a OMS, foram notificados casos em 20 países, com 70 casos adicionais de outros 13 países que estão pendentes de classificação, à espera da conclusão dos testes.

Apenas seis países informam sobre mais de cinco casos, entre eles o Reino Unido, que registrou mais de 160.

"Na última semana ocorreram alguns avanços importantes com as pesquisas adicionais e alguns refinamentos das hipóteses de trabalho", disse, em coletiva de imprensa, Philippa Easterbrook, do programa mundial da OMS sobre a hepatite.

"Atualmente, as principais hipóteses são as que envolvem o adenovírus, e também continua sendo importante o papel da Covid", acrescentou.

 No Brasil

O Ministério da Saúde informou que pelo menos 16 casos suspeitos são investigados no Brasil. Os casos investigado nos Estados do Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Santa Catarina e Pernambuco.

O Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) de São Paulo informou nesta terça-feira (10) que investiga sete casos suspeitos de hepatite grave em crianças no estado. Os casos foram identificados nos municípios de São Paulo, São José dos Campos e Fernandópolis, no interior. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, dois dos pacientes estão internados e os demais evoluem bem.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.