Sem comprovantes de vacina

Aplicativo ConecteSUS é alvo de ataque hacker: dados da vacinação somem do sistema do Ministério da Saúde

O Lapsus$ Group assumiu a autoria do ataque cibernético e deixou uma mensagem no app: "nos contate caso queiram o retorno dos dados".

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h54
No aplicativo ConecteSUS é possível emitir o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19, exigido para acessar locais públicos em algumas cidades. Além do aplicativo, o site do Ministério da Saúde também foram atacados pelos criminosos virtuais.
No aplicativo ConecteSUS é possível emitir o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19, exigido para acessar locais públicos em algumas cidades. Além do aplicativo, o site do Ministério da Saúde também foram atacados pelos criminosos virtuais. (Foto: Divulgação)

BRASÍLIA - O ConecteSUS, um aplicativo do Ministério da Saúde que armazena dados sobre a vacinação contra a Covid-19 em todo o Brasil, foi alvo de um ataque hacker na madrugada desta sexta-feira (10). Por causa do ataque, os comprovantes de vacinação não estão aparecendo no aplicativo.

No aplicativo ConecteSUS é possível emitir o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19, exigido para acessar locais públicos em algumas cidades. Além do aplicativo, o site do Ministério da Saúde também foram atacados pelos criminosos virtuais.

O Lapsus$ Group assumiu a autoria do ataque cibernético e deixou uma mensagem no app: “nos contate caso queiram o retorno dos dados”.

Nas duas páginas, os invasores escreveram que o portal sofreu um "ransomware", um tipo de vírus que sequestra os dados do computador da vítima, que depois é ameaçada para pagar um valor pelo resgate, geralmente o pagamento é feito usando a moeda virtual bitcoin, o que dificultar rastrear o criminoso.

O ransomware codifica os dados do sistema operacional de forma com que o usuário não tenha mais acesso. O Lapsus$ Group afirmou que "50 TB de dados foram copiados e excluídos" do Ministério da Saúde.

A página do ministério já voltou a funcionar, mas ainda não é possível acessar os dados sobre a vacina contra covid-19.

Também foi afetado o e-SUS Notifica, que recebe notificações dos estados e municípios sobre a síndrome gripal suspeita e confirmada de covid-19. Esse sistema ainda está fora do ar. Outro sistema afetado foi o Programa Nacional de Imunização (SI-PNI).

“O Ministério da Saúde informa que, na madrugada desta sexta-feira (10), sofreu um incidente que comprometeu temporariamente alguns sistemas da pasta, como o e-SUS Notifica, Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI), ConecteSUS e funcionalidades como a emissão do Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 e da Carteira Nacional de Vacinação Digital, que estão indisponíveis no momento”, diz o ministério, em nota.

O ministério acrescentou que o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e a Polícia Federal foram acionados pela pasta para apoiarem nas investigações sobre o caso. “O Departamento de Informática do SUS (Datasus) está atuando com a máxima agilidade para o restabelecimento das plataformas”, acrescentou, em nota.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.