Bandeira amarela

Conta de luz terá cobrança extra em maio

A bandeira tarifária vai passar para amarela, com custo de R$ 1 para cada 100 quilowatts-hora consumido.

Agência Mais

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h13
O patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas.
O patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas. (Foto: divulgação)

BRASIL - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que a bandeira tarifária no mês de maio vai ser amarela, com custo de R$ 1 para cada 100 quilowatts-hora consumido. Vale lembrar que desde dezembro do ano passado a bandeira tarifária estava verde em todo país, ou seja, sem a cobrança extra.

Segundo a Aneel, maio é o mês de início da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN) e, embora a previsão hidrológica para o mês indique tendência de vazões próximas à média histórica, o patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas, o que eleva o risco hidrológico (GSF) e motiva o acionamento da bandeira amarela.

A agência reguladora informou ainda que é necessário intensificar as ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.