Investigação

Segundo suspeito de integrar grupo que assaltou banco de Bom Jardim é preso

O mandado de prisão preventiva contra ele foi cumprido no bairro da Cidade Operária, em São Luís.

Imirante.com, com informações da Polícia Civil do Maranhão

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h16
Prisão se deu nessa segunda-feira (21) na capital.
Prisão se deu nessa segunda-feira (21) na capital. ( Foto: Reprodução)

BOM JARDIM - Mais um homem foi preso suspeito de integrar um grupo criminoso que assaltou a agência do Banco do Brasil da cidade de Bom Jardim, no dia 5 de dezembro de 2021. O mandado de prisão preventiva contra ele foi cumprido nessa segunda-feira (21), no bairro da Cidade Operária, em São Luís.

O Departamento de Combate ao Roubo à Instituições Financeiras (Dcrif/Seic) informou que os criminosos chegaram com armamento pesado, transportados em uma picape, utilizaram explosivos para destruir o cofre para, em seguida, fugir levando populares que estavam nas ruas como reféns, causando pânico no município.

Leia mais:

Preso suspeito de ter envolvimento em assalto a banco de Bom Jardim

Segundo o Dcrif/Seic, este é o segundo preso suspeito de participar do crime. O primeiro foi localizado e detido na cidade de Vitorino Freire, no dia 27 de janeiro deste ano. Após o cumprimento das formalidades legais, o investigado será conduzido ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Sobre o assalto

Cerca de 10 criminosos fortemente armados com fuzis causaram uma explosão no banco e pânico na cidade de Bom Jardim (MA). De acordo com informações da polícia, a ação criminosa aconteceu por volta das 23h do dia 6 de dezembro de 2021. Os bandidos fizeram reféns que foram usados como escudo humano e efetuaram tiros para vários lados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.