Na cidade de Arari

Preso suspeito de integrar grupo criminoso que furtava combustível e grãos da Vale

Estima-se que a associação criminosa tenha causado um prejuízo de mais de R$ 6 milhões de janeiro de 2019 a setembro de 2021.

Imirante.com, com informações da Polícia Civil do Maranhão

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h56
A prática de furtos de combustível e grãos era feita nos trens da empresa Vale.
A prática de furtos de combustível e grãos era feita nos trens da empresa Vale. (Foto: Divulgação/Vale)

ARARI – Um homem foi preso, no último sábado (4), no Povoado Escondido, em Arari, suspeito de integrar uma associação criminosa voltada para a prática de furtos de combustível e grãos nos trens da empresa Vale.

O mandado de prisão temporária foi cumprido pela Polícia Civil do Maranhão, durante um trabalho conjunto com a Força Estadual Integrada de Segurança Pública.

A operação é decorrente de investigação presidida pelo Departamento de Combate ao Roubo de Carga(DCRC/SEIC), na qual estima-se que a associação criminosa tenha causado um prejuízo de mais de R$ 6 milhões de janeiro de 2019 a setembro de 2021, principalmente em decorrência dos atrasos causados nas operações das linhas férreas com destino ao Porto de Itaqui.

A prisão foi lavrada por investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Arari, e o preso encaminhado à Unidade Prisional de Viana, onde permanecerá à disposição da Justiça.


Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.