Estupro de vulnerável

Acusado de estupro em São Paulo é preso cinco anos após fugir para o Maranhão

O foragido da Justiça, QUE estava morando no povoado Olho da Água, foi preso nessa quinta (30).

Imirante, com informações da Polícia Civil

- Atualizada em 01/12/2023 às 08h09
Criminoso estava vivendo em Anajatuba.
Criminoso estava vivendo em Anajatuba. (Arte: Imirante.com)

ANAJATUBA - Um homem acusado pelo crime de estupro de vulnerável ocorrido em São Paulo foi preso, quinta-feira (30), no município maranhense de Anajatuba.

De acordo com as informações da delegacia de Anajatuba, o crime ocorreu em 2018 na cidade de Campinas, no interior de São Paulo. Após cometer o abuso, o suspeito fugiu para o Estado do Maranhão. 

Após um trabalho de investigação, foi possível localizar o foragido da Justiça que estava morando no povoado Olho da Água, zona rural de Anajatuba.

Foi cumprido um mandado de prisão condenatório, e o homem foi encaminhado para a delegacia. Após as oitivas, ele foi levado para unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Outros casos

No município de Brejo, um homem, de 29 anos, foi alvo de um mandado de prisão condenatória pelo crime de estupro de vulnerável praticado contra uma criança de 11 anos, resultando em gravidez. O preso foi condenado a uma pena de 9 anos e 4 meses pelo crime. 

Em São Mateus do Maranhão, um homem, de 59 anos, também foi preso por estupro de vulnerável. De acordo com a Polícia Civil, as vítimas são duas adolescentes de 14 e 16 anos, filhas do próprio suspeito.

As investigações apontam que o homem abusava das próprias filhas desde quando elas tinham 6 e 11 anos de idade. Em escutas especializadas, a Polícia Civil descobriu relatos das adolescentes, apontando que o pai chegou a praticar conjunção carnal com elas. As duas jovens foram submetidas a exames, que confirmaram o rompimento do hímen.

Além disso, um irmão das vítimas, que tem 12 anos de idade, disse ao Conselho Tutelar que já presenciou o pai praticando sexo com uma de suas irmãs, após abrir a porta do quarto. O pai morava sozinho com os filhos em sua residência, já que a mãe dos adolescentes está acamada e é cuidada pela genitora dela em outra casa.

O suspeito, que não teve seu nome divulgado pela polícia, foi preso no bairro Vaquejada, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Após os procedimentos legais na delegacia de São Mateus do Maranhão, o homem foi conduzido a um presídio em Bacabal, onde está à disposição do Poder Judiciário.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.