Espetáculos

Festival Dança em Trânsito começa no próximo dia 24 em São Luís

Programação é totalmente gratuita.
Na Mira, com informações da assessoria19/11/2021 às 10h38
Festival Dança em Trânsito começa no próximo dia 24 em São LuísFocus Cia de Dança. (Foto: Dantas Jr.)

SÃO LUÍS - Começou a contagem regressiva para o festival Dança em Trânsito em São Luís. Na próxima semana, no período de 24 a 26 de novembro, o festival apresentará espetáculos de dança com a participação de companhias nacionais, internacionais e também de artistas maranhenses.

Se você ainda não está por dentro do que vai rolar e não decidiu ainda se vai conferir essa programação, a gente te ajuda com cinco motivos para não perder o Festival Dança em Trânsito em São Luís:

1º A arte é indispensável nesse momento. E o festival ocupa não só espaços convencionais, mas sim a rua. É isso mesmo. Depois de dois anos enfrentando uma pandemia, a gente merece uns refrescos! E nada mais significativo que a arte da dança, com sua expressividade, emoção e sentimentos em forma de coreografia para fazer a gente sair de casa e se encantar com o trabalho de artistas que estavam ansiosos para encontrar o público.

2º O Dança em Trânsito é um festival que preza pela diversidade dentro da forma de diálogos da dança contemporânea. Com 19 anos de existência, levando aos palcos do Brasil a dança em suas várias expressões, o Festival Dança em Trânsito busca valorizar, promover e democratizar esta expressão artística, dando visibilidade e voz a pluralidade que a arte expressa.

3º É um evento gratuito e por isso possibilita o acesso à arte, à cultura e a todas as pessoas, tanto àquelas que já são apaixonadas pela dança, como para quem vai poder ir ao teatro pela primeira vez assistir a um espetáculo. Por isso também, o festival acontece na região central de São Luís, no Centro Cultural Vale Maranhão, com retirada dos ingressos no local 1h antes do espetáculo, e no Teatro Arthur Azevedo, com retirada dos ingressos pela plataforma Sympla. Corre lá!

4º É a primeira vez em São Luís. Finalmente vamos receber em São Luís um festival tão importante, o que colabora para que São Luís seja vista cada vez mais como uma rota cultural, com um público caloroso e participativo. Então, vamos prestigiar né? (Quem sabe ano que vem tem mais?!)

5º Vamos ver no palco artistas nacionais, internacionais e maranhenses. Sim!!! Que emoção vai ser ter contato com artistas do mundo, que já se apresentaram em diversos palcos. Sem dúvida uma grande oportunidade para o intercâmbio entre artistas, companhias do Brasil, do exterior e os nossos artistas. Serão dois dias de programação com a companhia espanhola Iron Skulls Co (Barcelona) mostrando o espetáculo Sinestesia, onde a dança contemporânea encontra a acrobacia e o hip hop. Do México, a Physical Momentum traz ao país Postskriptum, que fala das experiências de despedida, e o uruguaio Christian Moyano apresenta Pauza, em que faz uma reflexão sobre as questões da quarentena. Do Brasil teremos a Focus Cia de Dança, de Alex Neoral, apresenta o duo Grand Pas; o Grupo Tápias dança Casa de Abelha, solo da coreógrafa e bailarina Flávia Tápias que aborda o universo feminino, a espera e a força da delicadeza, tendo como convidada a cantora lírica maranhense Juliana Cutrim. E ainda a participação dos maranhenses Ruan Francisco e Thayliana Leite, na apresentação do Rota Brasis.

Veja a programação completa em www.dancaemtransito.com.br/sao-luis-ma.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.