Feira do Livro

Veja a programação da 13ª FeliS, que começa hoje (11), em São Luís

Serão 10 dias de evento, com mais de 600 atividades gratuitas para todas as idades.
Na Mira, com informações da assessoria 11/10/2019 às 08h00
Veja a programação da 13ª FeliS, que começa hoje (11), em São LuísA 13ª FeliS tem como tema “O Brasil atemporal na obra de Aluísio Azevedo”. (Foto: Maurício Alexandre)

SÃO LUÍS - A abertura da 13ª edição da Feira do Livro de São Luís será nesta sexta-feira (11), às 18h30, no Multicenter Sebrae. O evento, que ocorre até o dia 20 de outubro, vai reunir mais de 600 atividades em 10 dias de programação. A 13ª FeliS reunirá mais de 100 autores locais e a previsão é de que o evento receba um público superior a 160 mil pessoas.

A Feira, já consolidada no calendário anual da cidade, é considerada o maior evento cultural e de fomento à leitura do Maranhão. “Serão 10 dias de uma vasta programação, organizada de modo a incentivar o interesse pela leitura, pela arte e suas mais variadas formas de expressão. A cada ano a proposta é investir para que o movimento na cidade cresça e alcance um maior número de pessoas, aproveitando para chamar atenção para as obras e os artistas locais”, enfatiza o prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Jr.

A 13ª FeliS tem como tema “O Brasil atemporal na obra de Aluísio Azevedo”, destacando vida e obra do caricaturista, jornalista, romancista e diplomata ludovicense, maior representante do naturalismo na literatura brasileira e autor de obras como "O Mulato", "O Cortiço" e muitas outras.

A programação é totalmente gratuita, com atividades das 10h às 22h, e pode ser acessada aqui.

ABERTURA

A abertura da Feira do Livro, nesta sexta-feira (11), contará com a apresentação do Coral das crianças da Associação Carente São Benedito, do Educandário Manoel da Conceição Pinheiro Sobrinho, do Bairro de Fátima. A conferência de abertura terá como tema “A vida e a Obra de Aluísio Azevedo”, com o poeta, ficcionista, tradutor, crítico literário brasileiro e membro da Academia Brasileira de Letras, Carlos Nejar, do Rio Grande do Sul. Como convidado, participa da conferência o presidente da Academia Maranhense de Letras, Benedito Buzar.

Ao longo dos 10 dias de evento, ocorrerão oficinas, palestras, debates, rodas de conversas, exposições, contações de histórias, espetáculos, recitais de poesias, sessões de cinema entre outras atividades na sua vasta programação. Entre outras novidades deste ano, estão o aulão preparatório, voltado para estudantes da rede pública, para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A 13ª edição da FeliS também traz uma sala de oficinas, local onde acontecerão as ações de formação com certificação; Rima FeliS com momentos de apresentações de cordelistas, repentistas e escritores do gênero; Espaço Mulher, com programação voltada para as políticas públicas para o gênero; Espaço do Autógrafo, local onde escritores autografam e vendem suas obras lançadas na FeliS; Planetário, espaço que apresenta o Sistema Solar e seus astros proporcionando experiências únicas aos visitantes; exposições de artesanato para divulgação do artesanato local; Espaço Sebos Literários; e Praça de Alimentação com food trucks, lanchonetes e restaurantes.

INFANTIL

Para o público infantil, o Cine FeliS terá duas salas de cinema com ambiente para projeção de curtas infantis e documentários. O Palco FeliS estará localizado na área do espaço infantil para contações de histórias, espetáculos, recitais de poesias, dentre outras atividades. A FeliS terá também os espaços infantis Sesc de Leituras e da Secretaria Municipal de Educação (Semed), com três carros biblioteca. Uma das novidades será o Espaço Rede Pontos de Leitura, um ambiente com programação infantil e relatos de experiências exitosas na área da leitura. Outra novidade é o Espaço Sensorial, que oferece uma série de atividades que permite aos visitantes entender um pouco do universo das pessoas com deficiências.

A Felis tem o apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc), Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Sesi, Governo do Maranhão, Vale, Associação dos Livreiros do Estado Maranhão (Alem), Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Instituto Federal do Maranhão (IFMA), Academia Maranhense e Ludovicense de Letras, Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão, Gasmar e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Consolidada como o maior evento cultural e de fomento à leitura do Estado do Maranhão, a Feira do Livro de São Luís (FeliS) foi concebida com o objetivo de incentivar a tradição literária e cultural da capital maranhense, propiciar o maior acesso ao livro, estimular a formação de novos leitores e incentivar as cadeias produtivas e criativas em torno do livro e da mediação da leitura. A previsão é de que mais de 10 mil alunos da rede pública estadual e municipal participem do evento, que prevê ainda a participação de caravanas espontâneas de 14 municípios do Estado.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.