No teatro Arthur Azevedo

Espetáculo "Chico, Eu e Buarque" se apresenta neste fim de semana em São Luís

Haverá duas apresentações, dia 1º (sábado), a apresentação ocorre às 21h; já no dia 2 (domingo), às 19h.
Na Mira / com informações da assessoria26/11/2018 às 21h04
Espetáculo "Chico, Eu e Buarque" se apresenta neste fim de semana em São LuísEste final de semana, para quem ainda não viu, tem mais essa oportunidade antes do retorno a turnê nacional. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS - A poesia de Chico Buarque e a dança dos bailarinos do Núcleo Arte Educação (NAE/Teatro Arthur Azevedo). Essa é a fórmula do espetáculo “Chico, Eu e Buarque”, sucesso de público e de crítica, que retorna ao palco do Teatro Arthur Azevedo nos dias 1 e 2 de dezembro.

Após duas temporadas com lotação máxima no Teatro Arthur Azevedo, o espetáculo abriu o Festival Internacional de Dança de Fortaleza – Fendafor, em junho deste ano. Dançou também, no aniversário do Teatro Municipal Severino Cabral de Campina Grande – PB, nesta última quinta passada. O Espetáculo ainda tem dentro de sua Tournée Nacional compromisso com o Festival Internacional Janeiro de Grandes Espetáculos em Recife – PE dia 19 de Janeiro, dia 14 de Abril fará a abertura Oficial do Festival Internacional da Bahia – Viva Dança, em abril ainda passará por Brasília e em Junho fará Rio/São Paulo. A cada apresentação o elenco demonstra um amadurecimento na fluidez de movimentos, o que já se tornou marca registrada do grupo coreografado pelo paulista Anderson Couto. A participação na XII Semana Maranhense de Dança, em outubro, coroou espetáculo que pretende levar ao público partilhas sensíveis entre a música, a dança e o cotidiano.

Este final de semana, para quem ainda não viu, tem mais essa oportunidade antes do retorno a turnê nacional e para quem viu e deseja ver novamente, haverá duas apresentações, dia 1º (sábado), a apresentação ocorre às 21h e no dia 2 (domingo) às 19h. Os ingressos podem ser adquiridos na Bilheteria do Teatro Arthur Azevedo.

“Chico, Eu e Buarque” foi desenvolvido a partir da obra poética do compositor brasileiro Chico Buarque de Hollanda, idealizado pelo diretor do Teatro Arthur Azevedo, Celso Brandão, em homenagem aos 200 anos da casa que é berço do grupo NAE, formado por jovens bailarinos da turma de aperfeiçoamento em dança. Além de constituir um elo da obra do artista com o nosso Estado, o espetáculo se mostra indispensável à formação sensível dos bailarinos intérpretes.

"Chico, Eu e Buarque é sem dúvida um grande espetáculo do Maranhão. Aja vista os convites que temos recebido para dançar em diversas cidades brasileiras, nos mais variados eventos de dança. Fazer sucesso com nosso trabalho e ainda com uma obra genuinamente maranhense, com elenco 100% da nossa terra é duplamente gratificante, quem assiste sempre sai do Teatro melhor do que chegou, é realmente uma obra de uma sensibilidade absurda, dirigido e coreografado de forma magistral pelo paulista Anderson Couto", ressalta o diretor do Teatro Arthur Azevedo, Celso Brandão.

O dinamismo entre o lado político, a trajetória poética também com influências da cultura popular do artista se associam à composição coreográfica de múltiplas camadas e significados, onde foram incitadas a dança visceral de cada intérprete para destacar a condição atemporal da obra de Chico Buarque.
Dividido em três atos, o espetáculo perpassa pela década de 60, período em que a conjuntura política motivou os jogos semânticos de Chico, explícitos em canções como “Construção”, “Cálice” e “Geni e o Zé Pelim”.

No segundo ato, os bailarinos envolvem-se num enredo que faz menção as relações humanas e à alteridade, com “Samba e Amor” e “João e Maria”, vinculando os intérpretes uns aos outros. O espetáculo finda mesclando clássicos do cantor com a cultura popular maranhense. Neste último ato, o diretor, Anderson Couto, e os intérpretes contam com o auxílio das bailarinas Lucena Marques e Elisete Campos para trazer traços do Bumba meu Boi, Tambor de Crioula e Tambor de Mina.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.