Cinema maranhense

Maranhense é selecionada para produzir filme do concurso Curtas Universitários

Luiza Fernandes é maranhense e estuda jornalismo na USP.
Ingrid García / Na Mira03/09/2017 às 14h00

SÃO LUÍS – Notícia boa para a produção de cinema do Maranhão. A jovem maranhense Luiza Fernandes foi uma das selecionadas do concurso nacional Curtas Universitários, um edital de premiação da Globo em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o Canal Futura e a Associação Brasileira de TVs Universitárias, que recebeu projetos de jovens do país inteiro e escolheu vinte curtas para serem produzidos.

A única maranhense entre os selecionados, Luiza Fernandes vai colocar em prática um projeto sobre a cultura popular do Maranhão, retratando a festa do Divino Espírito Santo de Alcântara. Junto com os outros selecionados do concurso, Luiza participou de workshops sobre produções audiovisuais e visitou os estúdios da Globo, no Rio de Janeiro.

“Eu sempre gostei de música e, ao longo dos anos, as caixeiras do Divino começaram a despertar minha curiosidade, principalmente pelo ativismo e resistência delas. Por isso, quando pensei em produzir um filme sobre a cultura do Maranhão, logo me veio à cabeça a tão tradicional festa do Divino Espírito Santo de Alcântara”, conta a jovem.

Luiza também falou que conhecia pouco do próprio Estado em que nasceu e vê no cinema uma forma de mostrar a todos a riqueza cultural daqui e instigar outras pessoas a conhecer e se apaixonar pela história do Maranhão.

"O Maranhão é um Estado que tem muitas riquezas culturais. Acho que nós maranhenses deveríamos ter orgulho daqui e tanto os órgãos públicos, quanto a iniciativa privada deveriam se interessar mais por essa imensa riqueza natural e cultural que temos”, desabafa.

“Eu me sinto muito feliz sendo uma das selecionadas, podendo representar o Maranhão e contar a história dos participantes da Festa do Divino de Alcântara, uma cidade linda, que inegavelmente tem muita cultura e muitas belezas naturais para serem exploradas, mas fica esquecida. Fico orgulhosa de poder divulgar isso”, finaliza Luiza.

Sobre o Curtas Universitários

Completando cinco anos, o Curtas Universitários já ajudou a produzir cerca de 180 documentários através de editais de fomento, uma parceria da Globo com o Canal Futura e a Associação Brasileira de TVs Universitárias.

Podem participar estudantes de graduação de cursos ligados ao audiovisual que tenham como trabalho de conclusão de curso um documentário. Além de ganhar um valor em dinheiro, os estudantes que enviaram os 20 melhores projetos selecionados ganharam uma viagem com tudo pago para o Rio de Janeiro, para um workshop de formação audiovisual nos Estúdios Globo.

A ideia é turbinar os projetos para ajudar os estudantes na realização. A banca de seleção é formada por profissionais do Globo Universidade, do Canal Futura e da ABTU.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.