Crítica

Crítico analisa longa Insubordinados, com Sílvia Lourenço

Filme conta com a direção do cineasta Edu Felistoque.
Em Cartaz22/03/2015 às 13h38

SÃO LUÍS - Não apenas de frases bem construídas e/ou imagens capturadas com esmero sobrevive o contador de histórias, e sim de como sua história de vida, percepção da realidade e dos personagens que nela habitam e, claro, criatividade ajudam-no a preencher as lacunas de uma história envolvente e pessoal. Insubordinados deixa isto evidente ao obedecer ao sugestivo pôster sobre transtorno bipolar pregado na recepção do hospital e fragmentar-se em uma metanarrativa que, ao mesmo tempo em que discute o ofício do escritor dentro de um contexto bastante específico, também realiza o próprio experimento na primeira parte da denominada Trilogia da Vida Real.

Clique aqui e leia mais sobre esta crítica.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.