Dia dos namorados

Ouse e reacenda a paixão no 'Dia dos Namorados'

Produtos sensuais como de uma sex shop podem ser ótimas opções. Veja algumas dicas.
Imirante 11/06/2012 às 10h48

Entra ano e sai ano e o Dia dos Namorados continua sendo um momento especial na vida das pessoas. De ursinho a flores, de roupas a joias, os amantes não dispensam apetrechos para marcar o coração do parceiro em uma data tão especial.

Flores para a moça, materiais esportivos para o rapaz... Nada disso, os tempos mudaram os relacionamentos e os presentes também. A formação de casais está diferente. O namoro à moda antiga... bem, ficou antigo! E os casais, mais diversificados possíveis, estão indo em busca de outros modos de dizer o “Eu te amo!”.

O que antes era tabu, hoje está ganhando espaço na vida das pessoas, o que muita gente quer é surpreender.

Imagine se no Dia dos Namorados, seu companheiro, ao invés de lhe dar um ursinho de pelúcia, aparece com uma massagem afrodisíaca. Ou se a namorada resolve fazer aquele jantar romântico e de quebra usa uma lingerie comestível.

Tem muita gente por aí deixando de lado a rotina e resolvendo ter novas experiências. E, se tem um lugar onde as pessoas podem encontrar muita coisa para aquecer a relação é no chamado sex shop. Os produtos sensuais estão cada vez mais ganhando espaço entre os casais. As pessoas buscam a satisfação sexual, antes um tabu, hoje uma necessidade comprovada pela ciência e pelos românticos de plantão.

Uma loja diferente

A primeira sex shop que se tem notícia é de 1962, na cidade de Flensburg, na Alemanha. A loja se intitulava Instituto de Higiene Conjugal. No local eram vendidos livros, revistas, contraceptivos, produtos estimuladores, lingeries e preparações farmacêuticas.

O mercado erótico, atualmente, movimenta R$ 26 bilhões por ano. Segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico (Abeme), só em 2011, o segmento cresceu 18,5%. Nesse mesmo ano, mais de 120 mil postos de trabalho foram criados. Do total, 80% das vagas são preenchidas por mulheres.

Apesar desse crescimento, algumas pessoas ainda tem vergonha de ir a uma sex shop, uma boa opção para esses casos é a compra pela internet. Mas é preciso tomar cuidado e verificar se o site é seguro.

Os produtos

Segundo Renata Farias, proprietária da loja Valentyne boutique sensual, os produtos mais vendidos são os cosméticos.

“Em primeiro lugar os géis hot comestíveis que esquentam em contato com a pele e com sabores variados, depois as bolinhas explosivas, também comestíveis e, para uso interno, os excitantes masculinos e perfumes com feromônio feminino. Depois vêm as lingeries, fantasias entre outros”, ressalta Renata.

No Dia dos Namorados, comprar produtos que aqueçam a relação pode ser bem melhor do que dar os presentinhos de sempre.

Tem muita gente querendo impressionar o seu amor em datas românticas. Segundo Renata Farias, nos meses de maio (Noivas), junho (Dia dos namorados) e dezembro (Comemorações de casamento e ano novo), aumenta a procura por produtos que possam inovar ou apimentar o relacionamento, como os excitantes masculinos, as lingeries, os perfumes afrodisíacos e as fantasias.

Como destaca Renata: “Quanto mais antigo for esse namoro ou casamento, maior é a necessidade de conquistar e de ser conquistado. Portanto, utilizar acessórios sensuais, géis de massagem, comestíveis, fantasias e brinquedinhos são estimulantes, e podem acender o fogo da paixão”.

Os mais jovens já estão entrando nessa onda, e se dizem menos tímidos que a geração dos seus pais. “Observo que o puritanismo e a repressão de gerações posteriores já não fazem parte dos relacionamentos do novo século. Eu acho super natural sair da rotina, principalmente, quando os dois desejam a mesma coisa”, afirma o universitário Carlos Barbosa.

Para Carlos incrementar na relação é fundamental e apesar de nunca ter ido a uma sex shop, acredita que pode ser uma boa opção de experimentar algo diferente no Dia dos Namorados.

Uma produtora de eventos, que não quis se identificar, por exemplo, afirma que compraria um presente na sex shop. “Não costumo ir a estas lojas, mas já fui. A gente pensa que só tem umas coisas mirabolantes, mas também encontramos produtos simples, legais e interessantes”, comentou.

Tem ainda os mais conservadores, como uma estudante que, também, não quis se identificar. Para ela, a sex shop pode até ser uma boa opção, mas apenas para relacionamentos mais amadurecidos.

Então, seja qual for o seu jeito, ou o tipo de relacionamento, você pode fazer algo diferente neste Dia dos Namorados e surpreender seu amor com algo que o faça feliz. O dia 12 está chegando, e o que vale é a criatividade e o sentimento entre os casais.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.