Dicas de Natal

Fim de ano: ações são importantes para economizar e garantir segurança com decoração natalina

Para que não haja transtorno nas festas, algumas orientações são importantes.

Evandro Júnior / Na Mira

- Atualizada em 08/12/2022 às 10h43

SÃO LUÍS - O período mais iluminado do ano chegou. Nas residências, ruas e comércio já é possível notar árvores de natal, painéis de luzes e símbolos natalinos que encantam a todos. 

Para a maioria desses objetos, o uso da energia elétrica é fundamental para o funcionamento. Por isso, com o propósito de garantir a segurança e auxiliar na economia de energia, a Equatorial Maranhão traz orientações importantes para que não aconteçam transtornos nas festas de fim de ano.

Os cuidados essenciais já começam antes da montagem da decoração. “A informação inicial para um Natal seguro é a escolha dos adereços. É de extrema importância que a população fique atenta na hora da compra dos objetos e sempre opte por decorações com o selo de certificação do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia)”, ressalta a Executiva de Segurança da Equatorial Maranhão, Rosemeire Barbosa.

Com os famosos pisca-piscas, uma das ornamentações natalinas mais utilizadas, investir em produtos com lâmpadas de LED vai garantir economia no fim do mês, pois elas são econômicas, eficientes, duráveis, ecológicas e podem ser utilizadas tanto em ambientes internos quanto externos.

Alguns cuidados também são importantes para evitar acidentes envolvendo energia, assim como sobrecarga nas instalações internas. “Jamais utilizar uma única tomada para ligar vários aparelhos com o uso de benjamin, o famoso “T”. O ideal é usar o filtro de linha. Sempre utilizar fita isolante ao invés das fitas crepe ou adesiva. Não ligar as luzes de natal com as mãos ou pés molhados e, principalmente, ter atenção com as crianças. Os enfeites são coloridos e luminosos, o que os tornam atrativos para os pequenos. Somente adultos devem manusear objetos ligados na energia”, reforça Rosemeire.

A especialista recomenda ainda que itens natalinos de anos anteriores sejam avaliados com relação aos fios descascados, ressecados e até mesmo rompidos. A orientação é que sejam trocados para que curtos-circuitos não ocorram.

Pisca-piscas: uma das ornamentações natalinas mais utilizadas
Pisca-piscas: uma das ornamentações natalinas mais utilizadas

Chuvas

Com o período de fim de ano também chegam as chuvas no Maranhão. E muitas pessoas também gostam de decorar espaços externos, onde alguns pontos precisam ser levados em consideração para evitar acidentes. Por isso, a Equatorial Maranhão reforça algumas precauções:

- Compre luzes adequadas ao ambiente em que será feita a instalação
- Não faça instalações externas próximo à rede elétrica para evitar contato com cabos de tensão e não utilize os postes como suporte para decoração
- Nunca faça instalações externas ligada à rede de distribuição de energia
- Não realize instalação de enfeites luminosos em áreas externas em dias de chuva ou gramado molhado

A executiva de Segurança da Distribuidora reforça ainda que as árvores de Natal não sejam montadas próximas a cortinas ou outros objetos que possam propagar incêndio em casos de curto-circuito. “Em situações de risco com instalações elétricas, desligue imediatamente o disjuntor geral e acione o Corpo de Bombeiros (190) e a Central de Atendimento da Equatorial Maranhão (116)”, pontua a especialista.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.