Sesc 75 anos

Shows de Fafá de Belém, Mesa de Bar, Mix In Brasil e Mano Borges marcam os 75 anos do Sesc no Maranhão

A programação comemorativa aos 75 anos do Sesc teve início às 16h, com atividades voltadas ao público infantil, aulão de zumba, concurso de cosplay e degustação de bolos feitos com alimentos reaproveitados.

Na Mira

SÃO LUÍS - Uma grande festa na praça Maria Aragão, no Centro de São Luís, celebrou, nesse sábado (19), os 75 anos do Serviço Social do Comércio (Sesc) no Maranhão. Com show de Fafá de Belém, banda Mesa de Bar, banda Mix In Brasil e Mano Borges, a festa também contou com apresentações da comédia Pão Com Ovo, oquestra Sesc Musicar dos corais Vozes da Sabedoria e Sons da Maturidade, do Sesc.

Fafá de Belém foi a grande atração da noite. (Foto: Paulo Soares e Juliana Chaves / Grupo Mirante)
Fafá de Belém foi a grande atração da noite. (Foto: Paulo Soares e Juliana Chaves / Grupo Mirante)

A programação comemorativa aos 75 anos do Sesc teve início às 16h, com atividades voltadas ao público infantil, aulão de zumba, concurso de cosplay e degustação de bolos feitos com alimentos reaproveitados. O caminhão do BiblioSesc, uma biblioteca intinerante que tem por objetivo incentivar o hábito de leitura, atendendo principalmente a localidades com pouco acesso a livros e bibliotecas, também estava na praça Maria Aragão à disposição do público.

O grupo Xama Teatro, formado por estudantes e professores do curso de Teatro da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), também participou da programação com o espetáculo ‘A Carroça é Nossa’, que divertiu e encantou o público presente. A narrativa do espetáculo se passa em rimas e se foca na oralidade e expressões características maranhenses.

A Carroça é Nossa

No roteiro, tudo começa com um sonho de Pedoca, em que vê a si próprio em uma carroça puxada por um burro, cantando, tocando sanfona e sendo feliz. Despertado, encontra a carroça, mas não o animal que pudesse puxá-la. Em sua busca pelo burro, encontra Toinha, que sonha por um amor verdadeiro; Joaninha, que anseia por fugir de seus problemas pessoais; e Cecé, cujo sonho é encontrar uma família. Durante a busca, percebem que seus destinos não se cruzaram à toa e que precisam desvendar um enigma que envolve a carroça.

Segundo Gisele Vasconscelos, coordenadora do Xama Teatro, o Sesc, por meio dos projetos Palco Giratório e Sesc Amazônia das Artes, permitiu que o espetáculo fosse visto por pessoas de diversas partes do Maranhão e outros Estado e ajudaram o grupo a 'fechar' o mapa do Brasil.

“É um trabalho que nos ajuda a circular muito. E o espetáculo fala justamente disso, a intinerância de quatro personagens que partem em busca de seus sonhos, cada um com o seu sonho e eles aprendem uma grande lição. E o Sesc tem fundamental importância não só para o nosso grupo, mas para o Maranhão e para o Brasil inteiro”, afirmou Gisele Vasconcelos.

Apresentação do espetáculo 'A Carroça é Nossa', do Grupo Xama Teatro'. (Foto: Paulo Soares e Juliana Chaves / Grupo Mirante)
Apresentação do espetáculo 'A Carroça é Nossa', do Grupo Xama Teatro'. (Foto: Paulo Soares e Juliana Chaves / Grupo Mirante)

No palco principal, uma grande estrutura foi montada para receber as grandes atrações da noite. Quem abriu a programação foi a Orquestra Sesc Musicar, que com instrumentos de sopro fez uma belíssima apresentação com um repertório que passou por grandes clássicos da música maranhense e nacional. 

A Orquestra Sesc Musicar

A Orquestra Sesc Musicar é um projeto de educação musical desenvolvido pelo Sesc nos bairros da região metropolitana de São Luís. Por meio de cursos de musicalização com os instrumentos de violão, violino, clarinete, canto coral, flauta doce, flauta transversal, percussão, cavaquinho e aperfeiçoamento técnico em clarinete, tuba, saxofone, trompete, trombone, trompa e prática orquestral de banda, a ação educativa de intervenção nas comunidades em situação de vulnerabilidade social contribui para o desenvolvimento sociocultural dos alunos.

Em seguida, foi a vez dos corais Vozes da Sabedoria e Sons da Maturidade, do Sesc, se apresentarem juntos. Com música tipicamente maranhenses, a apresentação foi um dos pontos altos da programação desse sábado. Regido pelo músico e compositor Francisco Newman, o Coral Sesc Vozes de Sabedoria é formado por integrantes do Trabalho Social com Idosos (TSI) do Sesc, atividade que apresenta em seu repertório uma intensa rede de cursos e oficinas artístico-culturais.

De acordo com a diretora regional do Sesc, Rutineia Monteiro, além de encerrar as comemorações alusivas aos 75 anos do Sesc com chave de ouro, o obejtivo do evento também foi levar para a praça Maria Aragão uma pequena amostra dos serviços oferecidos pelo Sesc aos maranhenses.

“Hoje é o grande evento que marca os 75 anos do Sesc aqui no Maranhão e, também hoje, nós trouxemos aqui para a praça uma amostra dos serviços do Sesc, de cultura, saúde, lazer, educação, e ver a participação do público atendendo ao nosso chamado para estar conosco nos deixa felizes e cientes da nossa acertividade para isso”, conta a diretora.

Quem também esteve presente na grande festa de comemoração dos 75 anos do Sesc foi Maurício Feijó, presidente do Sistema Fecomércio, Sesc, Senac. Segundo ele, o sentimento é de dever cumprido ao longo de mais de sete décadas de atividades da instituição no Maranhão. Durante o evento, Feijó também falou das novidades e projetos futuros do Sesc.

“Nós estamos com muitos projetos para o futuro. Estamos terminando em Imperartriz. Temos muitoas demandas na área de saúde e, principalmente, levar o Sesc a todas as pessoas que necessitam nas cidades interioranas. O Sesc é a maior e mais respeitada instituição social do Brasil e isso é um orgulho para todos nós”, disse.

E pra fechar a noite, além de Mano Borges, banda Mix In Brasil e banda Mesa de Bar, a cantora Fafá de Belém fez uma belíssima apresentação que emocionou o público presente na praça Maria Aragão.

Rutineia Monteiro e Maurício Feijó. (Foto: Paulo Soares e Juliana Chaves / Grupo Mirante)
Rutineia Monteiro e Maurício Feijó. (Foto: Paulo Soares e Juliana Chaves / Grupo Mirante)

Sesc Maranhão

Criado como uma entidade de direito privado, um serviço social autônomo sem fins lucrativos, o Sesc promove a qualidade de vida dos comerciários, seus dependentes e comunidade aos longo de 75 anos de atividade no Maranhão.

O trabalho do Sesc é referência no país em programas de combate à fome, de incentivo à cultura, de atenção a pessoas na terceira idade, de inclusão digital e de educação, entre tantos outros. As ações da instituição se destacam pela abrangência, favorecendo crianças, jovens, adultos e idosos.

A programação em comemoração aos 75 anos do Sesc segue até o dia 19 de novembro, em que será realizado o principal evento da programação com ações de saúde, oficinas socioeducativas, difusão da leitura/contação de histórias, atividades de lazer/recreativas, stand com a participação do Senac com serviços no âmbito da beleza/ estética e culinária e a partir das 16h, apresentações artísticos-culturais diversas, com destaque para o Pocket Show Pão com Ovo, bandas Mix in Brasil, Mano Borges e a grande atração da noite: Fafá de Belém.

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.