Pergentino Holanda

PH Revista: Rosário Saldanha de bem com a vida

Mais: Presença brasileira na #COP27

PH

- Atualizada em 12/11/2022 às 10h55
Capa do PH Revista
Capa do PH Revista

Eternamente de bem com a vida, Rosário Saldanha é o destaque de capa da edição deste fim de semana do PH Revista. A foto, em que ela exibe o seu melhor sorriso, foi lavrada em Campinas (SP), na festa dos 7 anos de sua neta Manuela, filha do seu filho Gustavo

CLIQUE AQUI E LEIA O PH REVISTA NA ÍNTEGRA

 ----------------------------------------------------

 Fadinha no topo

A maranhense de Imperatriz Rayssa Leal, de apenas 14 anos, é campeã da Liga Mundial de Skate. No último domingo, em uma prova acirrada e emocionante até a última manobra fina, ela venceu o Super Crown, como é chamada a etapa final da Street League Skateboarding (SLS), a Liga Mundial de skate, disputada na Arena Carioca 1, dentro do Parque Olímpico, no Rio.

Rayssa começou a primeira etapa com as demais sete finalistas assumindo a liderança, mas em sua segunda volta sentiu dores na região abdominal e não completou sua manobra. Mesmo assim, a maranhense conseguiu seguir na competição.

Rayssa virou a situação, mais uma vez, na última manobra. Pressionada e com muito apoio da torcida no Rio de Janeiro, a jovem skatista cresceu e conseguiu acertar uma grande manobra no maior corrimão da pista, o que rendeu uma nota 7,4. Antes da última tentativa, a Fadinha, como é conhecida, estava em terceiro, mas conseguiu o título.

– Não consigo descrever. A gente vem treinando muito para isso. Eu tinha sonhado três vezes com o título e até que enfim saiu. Um título em casa. Estou super feliz de ganhar isso, ganhar o mundial em casa. Com certeza todo mundo me ajudou muito e eu não tenho palavras para descrever o que eu estou sentindo agora – disse Rayssa, emocionada.

Sarney Filho na #COP27, em Sharm El-Sheikh, Egito
Sarney Filho na #COP27, em Sharm El-Sheikh, Egito

 

O ex-ministro e ex-deputado federal José Sarney Filho está participando da #COP27, em Sharm El-Sheikh, Egito, representando o governo do Distrito Federal no evento e apresentando as ações de combate às mudanças climáticas que estão sendo realizadas pela da Secretaria do Meio Ambiente do DF.

O Distrito Federal é pioneiro no Brasil nas ações de combate às mudanças climáticas, como a institucionalização, por decreto da Contribuição Distritalmente Determinada, a CDD, perante o Acordo de Paris, com metas locais de redução da emissão de gases causadores do efeito estufa e a criação do Plano Carbono Neutro, que visa zerar as emissões líquidas ao longo da segunda metade deste século.

 

Outro flagrante de Sarney Filho na #COP27, em Sharm El-Sheikh, Egito
Outro flagrante de Sarney Filho na #COP27, em Sharm El-Sheikh, Egito

Combate ao comércio ilegal

Em algumas capitais de estados brasileiros está sendo realizada uma operação conjunta de órgãos do governo estadual e municipal contra a venda de produtos contrabandeados.

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos, além de abordagens, para combater o comércio informal em cidades onde cresce esse tipo de delito.

Em muitas delas, agentes encontraram grande quantidade de produtos falsificados e sem procedência, até mesmo em apartamentos, o que ficou comprovado que os locais serviam de depósito para os produtos comercializados.

Muitos apartamentos, apesar de serem local de moradia, serviam como ponto de reabastecimento e armazenamento das mercadorias para os vendedores ambulantes.

Entre os objetos apreendidos estão roupas, carregadores de telefone, fones de ouvido, óculos de sol, óculos de grau, acessórios para eletrônicos, relógios e brinquedos.

Mourão defende o voto impresso

Eleito senador pelo sistema eletrônico de votação, o vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) defendeu ontem a tese de que o Congresso volte a analisar, a partir de 2023, a introdução do voto impresso no sistema eleitoral brasileiro.

O general considera que a ausência da impressão do voto “sempre deixará parcela da população receosa” em relação ao resultado das urnas.

Mourão avalia positivamente a nota divulgada na sexta-feira pelas Forças Armadas, em que os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica defendem a liberdade de manifestação, mas condenam “eventuais excessos”.

PEC da Transição é adiada

A proposta de emenda à Constituição (PEC) da Transição, que visa garantir a continuidade do pagamento do Auxílio Brasil de R$ 600 por mês em 2023, será desenhada até o feriado e concluída na próxima quarta-feira.

O prazo ficou mais elástico do que o previsto porque os líderes dos partidos aliados ao presidente eleito, Lula da Silva, pediram mais tempo para fazer ajustes na PEC.

A ampliação do prazo, confirmada pelo ex-governador do Piauí e senador eleito Wellington Dias (PT), teve relação com a pressão do mercado financeiro, após o discurso de Lula a respeito da necessidade de gastar mais com programas sociais em detrimento da austeridade fiscal.

PEC da Transição…2

Parlamentares entenderam ser melhor esperar mais tempo antes de enviar o texto ao Congresso.

A PEC pretende retirar até R$ 175 bilhões do teto de gastos em 2023.

Um dos pontos que está sendo negociado é se o Auxílio Brasil, que voltará a ser chamado de Bolsa Família, será retirado por vários anos ou de forma permanente.

DE RELANCE

Finalistas do Prêmio Oceanos

Quatro autores brasileiros estão entre os dez finalistas do Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa 2022:  Micheliny Verunschk, com o romance O som do rugido da onça; Maria Fernanda Elias Maglio, com os contos Quem tá vivo levanta a mão; Ana Martins Marques, com o livro de poesia Risque esta palavra; e Tatiana Salem Levy, com Vista Chinesa.

Na corrida estão também os portugueses Alexandra Lucas Coelho, com o livro de crônicas Líbano, Labirinto; a escritora Djaimilia Pereira de Almeida, que nasceu em Luanda, concorre com o romance Maremoto, e o escritor José Gardeazabal com o romance Quarentena – Uma história de amor.

A este rol juntam-se os moçambicanos João Paulo Borges Coelho, com o romance Museu da Revolução; Pedro Pereira Lopes, com os contos O livro do homem líquido; e Teresa Noronha, com o romance Tornado.

A lista de finalistas foi anunciada na manhã de ontem pelo Oceanos e pelo Itaú Cultural. No total, concorrem ao prêmio dois livros de contos, um volume de crônicas, outro de poesia e seis romances.

Finalistas do Prêmio Oceanos…2

Os dez autores selecionados irão participar de uma série de eventos no Brasil, em Moçambique e em Portugal. No Brasil as sessões terão lugar na Livraria da Travessa de Pinheiros, em São Paulo, e na sua congênere do Leblon, no Rio de Janeiro. Em Portugal será também a Livraria da Travessa de Lisboa a anfitriã.

Pela primeira vez na história do prêmio, os três vencedores vão ser anunciados em Moçambique, dia 9 de dezembro. O evento, que se realiza em Maputo, vai ser transmitido em tempo real pelo canal YouTube do Oceanos.

O evento servirá também para a assinatura de um Memorando de Entendimento com o Ministério da Cultura e Turismo de Moçambique.

Finalistas do Prêmio Oceanos…3

O prêmio Oceanos tem o valor de 120 mil reais (cerca de 23 mil euros) para o vencedor, 80 mil reais (cerca de 15 mil euros) para o segundo classificado, e 50 mil reais para o terceiro (quase dez mil euros).

Durante este mês, um júri final avaliará as dez obras selecionadas para escolher os três vencedores.

O júri é constituído pelos brasileiros Cristhiano Aguiar, Guilherme Gontijo Flores, Joselia Aguiar e Júlia de Carvalho Hansen; por Artur Bernardo Minzo, de Moçambique; e pelas portuguesas Ana Cristina Leonardo e Helena Vasconcelos.

Tiradas de bom humor

O chefe pergunta ao empregado: – Você acredita em vida após a morte, João?

E o funcionário responde: – É claro que não, pois nunca alguém voltou para provar que está lá do outro lado.

E o patrão diz: – Que estranho!

– Por que estranho?

E o chefe responde: – É que o seu pai esteve aqui no escritório uma hora depois de você sair mais cedo para ir ao enterro dele.

Um Oscar pela paz

O ator, produtor e diretor de cinema Sean Penn, vencedor de dois Óscares de melhor ator, em 2003 e 2008, pelos papéis nos filmes Mystic River e Milk, respectivamente, aproveitou a mais recente visita à Ucrânia para presentear Volodymyr Zelensky com uma das suas estatuetas.

Na terceira visita realizada pelo ator ao território ucraniano, desde a invasão das forças russas em fevereiro, Sean Penn decidiu ceder provisoriamente uma das suas estatuetas como “símbolo de fé na vitória, refere a legenda do vídeo partilhado nas redes sociais do Presidente ucraniano.

“É apenas uma tolice simbólica, mas se souber que isto está aqui convosco, então vou sentir-me melhor e mais forte para as lutas”, disse Penn, no vídeo partilhado pelo gabinete de Zelensky.

A sorte está lançada

Supostamente, Júlio César pronunciou a célebre expressão Alea Jacta Est ao cruzar o Rio Rubicão à frente das temidas legiões romanas, na fronteira com a Gália. A sorte estava lançada, na tradução não muito precisa do latim, mas eternizada ao longo dos séculos.

Pois o Rubicão foi o Tite no começo da semana, quando anunciou os 26 convocados para a Copa do Catar.

Agora, não haverá mais ponto de recuo. Ainda pode acontecer uma lesão grave, eu sei. Cortes são comuns na história da Seleção. A diferença é que, desta vez, o período até a bola rolar é curto. Pouco mais de duas semanas.

Com alguma imaginação, sim, a sorte de Tite está lançada. A dele, a nossa, a de um país inteiro. É com estes 26 que ele fará a sua aventura no deserto.

Erasmo Carlos
Erasmo Carlos

 Tremendão Erasmo Carlos  tem show confirmado para São Luís no dia 16 de dezembro, no Multicenter Sebrae. A produção local é da cantora Flávia Bittencourt

 “O Rei do Gado” está de volta

Sucesso da teledramaturgia exibido originalmente entre junho de 1996 e fevereiro de 1997, O Rei do Gado, novela de Benedito Ruy Barbosa, está de volta à TV Mirante no Vale a Pena Ver de Novo.

Com direção-geral e de núcleo de Luiz Fernando Carvalho, a novela marcou época e já foi vendida para mais de 30 países, colecionando prêmios nacionais e internacionais.

A trama acompanha a história do romance entre o rico dono de terras Bruno Mezenga (Antonio Fagundes) e a boia-fria Luana (Patricia Pillar), descendentes de duas famílias rivais de imigrantes italianos, os Mezenga e os Berdinazi.

Com grande elenco, o folhetim também contou com nomes como Raul Cortez, Tarcísio Meira, Eva Wilma, Vera Fischer, Letícia Spiller e Leonardo Brício, além de ter revelado talentos, marcando a estreia na TV de Marcello Antony, Caco Ciocler, Emílio Orciollo Netto e Lavínia Vlasak.

Documentário sobre Armstrong

Pouco mais de um mês após o lançamento de Sidney, que explorou a vida e o legado do astro do cinema americano Sidney Poitier, a Apple TV+ se volta para outro grande ícone negro dos EUA no século passado, o “pai do jazz” Louis Armstrong (1901-1971).

Lançado no dia 28 de outubro, o documentário Louis Armstrong – Black & Blues promete jogar nova luz sobre a biografia do artista, graças à utilização de gravações caseiras inéditas e outros materiais exclusivos, que ilustram como Armstrong era em sua vida cotidiana, longe do escrutínio do público ou da imprensa.

Documentário...2

“Com o total apoio da Louis Armstrong Educational Foundation, os cineastas tiveram acesso a um tesouro composto por materiais de arquivo raros, incluindo centenas de horas de gravações de áudio, filmagens, fotografias, diários pessoais e uma vida inteira de coisas efêmeras para uso exclusivo no primeiro documentário significativo dedicado inteiramente à vida de Armstrong”, adiantou o material de divulgação da obra, disponibilizado à imprensa pela Apple TV+.

A montagem, com direção de Sacha Jenkins (de Wu-Tang Clan: Of Mics and Men), costura esses áudios e filmagens com trechos de textos escritos por Armstrong interpretados pelo rapper Nas;  depoimentos antigos sobre o músico, dados por nomes como Wynton Marsalis, Miles Davis e Leonard Bernstein; além de imagens de arquivo ilustrando diferentes épocas da carreira do artista.

Para escrever na pedra:

“Se sou amado, quanto mais amado mais correspondo ao amor. Se sou esquecido, devo esquecer também... Pois amor é feito espelho: tem que ter reflex”. Do poeta chileno Pablo Neruda, Prêmio Nobel de Literatura

TRIVIAL VARIADO

Ilse Rangel, a Fofa, aumenta os seus domínios internacionais na noite de hoje com a realização do Fofa Fest, na cidade de Porto, no norte de Portugal. Algumas dezenas de brasileiros, incluindo muitos maranhenses, foram prestigiar a festa.

Vale destacar que a comunidade maranhense – e brasileira de um modo geral – é muito grande naquela que muitos consideram a mais bela cidade portuguesa.

Com produção de João Marcelo Sá, o cantor Pandha se veste de Elvis Presley na noite de hoje e faz tributo ao famoso astro do rock norte-americano, a partir das 21h, no Illa Gastro Bar, no Calhau.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.