Luto

Cantora Gal Costa morre aos 77 anos

A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira (9).

Na Mira

- Atualizada em 09/11/2022 às 11h54
A causa da morte da cantora não foi revelada.
A causa da morte da cantora não foi revelada. (reprodução)

BRASIL - Foi confirmada, na manhã desta quarta-feira (9), a morte da cantora Gal Costa, aos 77 anos de idade. A cantora recentemente deu uma pausa nos shows devido a uma cirurgia para retirada de um nódulo na fossa nasal direita.

A artista possuía uma marcada na Europa que iria acontecer neste mês, mas já havia sido adiada, também por conta da cirurgia.  A causa da morte da cantora não foi revelada. 

Maria da Graça Costa Penna Burgos nasceu em 26 de setembro de 1945 em Salvador e foi uma das maiores cantoras da música brasileira. Com 57 anos de carreira iniciada em 1965 quando a cantora apresentou músicas inéditas de Caetano Veloso e Gilberto Gil. Ela ainda era Maria da Graça quando lançou "Eu vim da Bahia", samba de Gil sobre a origem da cantora e do compositor.

Na fase “tropicalista” lançou seu primeiro disco solo “Gal Costa” (1969), com as músicas “Baby”, “Divino Maravilhoso”, “Que Pena” e "Não Identificado", que alcançaram grande sucesso. Em 1971 lançou “Fa-Tal: Gal a Todo Vapor”, gravado ao vivo, que serviu para carregar a bandeira do Tropicalismo, enquanto seus dois principais compositores, Caetano e Gil, estavam no exílio. O disco traz grandes sucessos, entre eles: “Chuva Suor e Cerveja”, “Como 2 e 2” e “Pérola Negra”. Em 1975 grava a música de abertura da novela Gabriela, a canção “Modinha para Gabriela”, de Dorival Caymmi, que faz grande sucesso.

Atualmente ela estava em turnê com o show "As várias pontas de uma estrela", no qual revisitava grandes sucessos dos anos 80 do cancioneiro popular da MPB. 



 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.