Pergentino Holanda

83 anos de Edna Itapary

Mais: Despesas fora do teto

EPH

Ela marcou época no período mais borbulhante da sociedade maranhense dos últimos 60 anos: Edna Abreu Itapary
Ela marcou época no período mais borbulhante da sociedade maranhense dos últimos 60 anos: Edna Abreu Itapary

Hoje é dia de festejar uma eterna e sempre amada amiga, Edna Abreu Itapary, que está completando 83 anos.

Há mais de uma década recolhida ao seu apartamento no Olho d´Água, de onde só sai para fazer exames médicos, Edna padece de uma doença que provoca o esquecimento. E o tratamento ela faz em casa, ao lado do marido Joaquim Itapary, dos filhos e netos.

Edna, que brilhou intensamente num dos períodos mais borbulhantes da vida social maranhense, é hoje uma ausência muito sentida pelo seu imenso círculo de amigos que nos últimos anos se viu privado da convivência alegre e constante com essa grande dama de nossa sociedade.

Despesas fora do teto

Equipe do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva negocia emenda para liberar gastos fora do teto. Apresentação de proposta, batizada de PEC da Transição, está em discussão com o Congresso Nacional.

A intenção é assegurar o Auxílio Brasil de R$ 600 a partir de janeiro, reajuste real do salário mínimo de 1,4%, reforço no Farmácia Popular e outros programas.

O acordo discutido em reunião entre o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, e o relator- geral do orçamento, senador Marcelo Castro (MDB-PI), ontem, foi para estabelecer quais programas serão cobertos com o waiver total (licença para gastar) na PEC da Transição, que começa a ser escrita a partir de agora.

A nova administração pretende manter o benefício do Auxílio Brasil, que voltará a se chamar Bolsa Família, em R$ 600 por mês a partir de janeiro e também quer cobrir outras despesas não contempladas na proposta orçamentária do próximo ano enviada pelo governo Jair Bolsonaro.

O orçamento enviado por Bolsonaro ao Congresso garante apenas R$ 400 mensais em 2023.

Pedalada consentida

Entre as promessas de Lula para a área social que não cabem no orçamento previsto para 2023, estão também o aumento do valor da merenda escolar, hoje de R$ 0,36/dia por aluno, a ajuda de R$ 150 para crianças até seis anos e o reajuste real do salário mínimo.

Não foi por falta de aviso. Desde que o presidente Jair Bolsonaro (PL) instituiu o Auxílio Brasil de R$ 600, os especialistas em contas públicas alertaram que o valor não cabia no orçamento de 2023, a menos que se furasse o teto ou se fizesse remanejamento radical de recursos.

Os especialistas em política fiscal advertiram que, depois de dar esse valor para as famílias vulneráveis, não haveria condições de retirar, fosse quem fosse o vencedor.

Pedalada consentida...2

Na campanha, tanto Bolsonaro quanto o ex-presidente Lula da Silva espalharam promessas como se não houvesse amanhã. Importante era vencer a eleição. Interlocutores de Bolsonaro diziam que no orçamento de 2022 também não cabia o auxílio de R$ 600 e o governo “deu um jeito”.

O jeitinho foi inventar um “estado de emergência” para justificar os gastos extraordinários e romper o teto sem que isso pudesse ser classificado como pedalada fiscal, pretexto usado em 2016 para derrubar Dilma Rousseff.

Detalhe: o valor de R$ 600 seria pago de setembro a dezembro. É mais fácil fazer uma gambiarra por quatro meses do que por 12.

Pedalada consentida...3

Para 2023, é um ano inteiro de auxílio de R$ 600 para milhões de brasileiros já inscritos e outros tantos que poderão entrar, dado o grau de deterioração social do país.

Antes de começar a transição, Lula, agora presidente eleito, reafirmou que as promessas feitas às camadas mais vulneráveis da população serão cumpridas. Para isso, será preciso encontrar caminho legal para ampliar o rombo nas contas públicas.

A fome é uma emergência permanente no Brasil, mas o presidente não pode remanejar verbas por decreto.

Pedalada consentida...3

A ideia discutida na reunião do vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, com o relator-geral do orçamento de 2023, senador Marcelo Castro (MDB-PI), é que o Congresso aprove proposta de emenda à Constituição, a PEC emergencial da transição, para poder reformular a peça orçamentária para o novo governo e permitir o pagamento do auxílio que, repita-se, foi promessa dos dois candidatos.

Tem chances de ser aprovada? Tem. Mesmo que hoje Bolsonaro tenha maioria no Congresso, o centrão, que dá as cartas, sinaliza que não tentará inviabilizar o novo governo.

Deputados e senadores não haverão de querer arcar com o ônus de impedir o pagamento do auxílio de R$ 600 e de outros benefícios cujo corte é impopular.

O que está sendo alinhavado é uma pedalada consentida, até porque a correção da tabela do Imposto de Renda, outra promessa dos dois, poderá ser votada ainda neste ano.

Elda Damasceno e Luciana Ennes
Elda Damasceno e Luciana Ennes

Elda Damasceno e Luciana Ennes comemoram neste fim de semanas os 21 anos da Oficina de Eventos, empresa consolidada no mercado de São Luís como organizadora de Eventos e Cerimonial, fundada em 5 de novembro 2001 e que logo se tornou uma referência na realização de grandes eventos

DE RELANCE

O mundo em Doha

Para quem for à Copa do Mundo – e é grande a quantidade de maranhenses que está com passagem comprada –, já está claro que, nesses 30 dias, gente do mundo inteiro estará em um país do tamanho da Região Metropolitana de São Luís.

Com vias bloqueadas e transformadas em passeios para os torcedores, e muitos eventos a céu aberto, transitar por Doha e arredores de carro será um desafio.

O Comitê Organizador espera 2 milhões de visitantes. Em entrevistas aos meios locais, as autoridades catares revelaram que turistas de 200 países já fizeram reservas de hotéis.

A vizinha Arábia Saudita lidera o ranking entre países do Golfo Pérsico. Para surpresa geral, o país de fora da região que mais mandará torcedores são os EUA, o que só evidencia o crescimento do interesse pelo futebol no país.

México, Argentina, Reino Unido, Índia e Brasil vêm logo atrás.

A Copa 2022 no Catar

Faltando pouco menos de três semanas para a Copa do Mundo, o Catar começa a mostrar ao mundo seus projetos mais ousados e um pouco do que será a festa do futebol. Uma festa que terá, olhe só, até mesmo uma Casa da Bud, a marca de cerveja que é uma das patrocinadoras master da Fifa.

A forma como os catares lidariam com o fato de uma fabricante de bebidas alcoólicas ser parceira era uma grande interrogação. A solução foi criar áreas livres, onde será permitido o consumo.

Mas não é só isso. Os catares acabam de apresentar o Umm Al Seneem Park, um parque recém-inaugurado, a céu aberto, com a maior pista de corrida climatizada do mundo. Uma obra que, vamos combinar, cairia muito bem aqui no Brasil, com nosso clima de temperaturas extremas.

Dá até uma certa inveja ler sobre o parque.

Corrida ao ar livre (e condicionado)

Em um país cujas temperaturas chegam a bater em 50ºC, entre os meses de junho e setembro, contar com um parque com pista de corrida e ciclovia climatizadas é quase uma bênção.

Pois no país com economia impulsionada pelas reservas de petróleo e gás, isso virou realidade.

O Ministério da Municipalidade entregou, na quarta-feira, o parque Umm Al Seneem, em Al Rayyan. Trata-se de uma área de 130,1 mil metros quadrados com uma pista de corrida de 1,1 quilômetros e outra, exclusiva aos ciclistas, na mesma distância.

Ambas com o frescor de um sistema de climatização que, instalado no subsolo, faz soprar um ar gelado que ajuda a suavizar as atividades físicas.

A pista entrou para o Guinness Book, como a de maior extensão climatizada no mundo. Aliás, esse é o quinto projeto do ministério a entrar para o Guinness.

Os corredores e ciclistas, além do ar gelado, contam com túneis verdes e um piso especial que absorve o impacto durante as atividades físicas.

Como decorar sua casa para a Copa

Faltando poucos dias para a Copa do Mundo, os brasileiros – e os maranhenses em especial – estão prestes a embarcar na torcida pela seleção canarinho e celebrar o maior campeonato de futebol do mundo.

Nesta época, o Brasil inteiro veste verde e amarelo e vibra com a seleção, por isso, é comum que algumas famílias optem por decorações para deixar a festa ainda mais animada.

Aos que irão receber amigos em casa para assistir os jogos, é importante criar um espaço bem agradável para que todos sintam-se acolhidos e bem à vontade, por isso, apostar em uma decoração para copa personalizada, é a melhor forma de fazer com que todos entrem no clima e se divirtam.

Cobrir a mesa com uma toalha temática, ou então usar bandeiras e adereços para decorá-la são excelentes opções. 

Como decorar sua casa...2

Para quem não gosta tanto assim de futebol, mas não abre mão de torcer para a seleção – ainda mais na Copa do Mundo –, a dica é investir em pequenos detalhes para prezar mais a festa.

Bandeiras são sempre muito bem-vindas e dão um ar ainda mais festivo à decoração. Bowls para as guloseimas nas cores do Brasil – ou da sua seleção favorita – também criam um ambiente perfeito para a data.

Além disso, copos, pratos descartáveis, baldes de gelo e outros adereços podem complementar a decoração.

Tanto para quem ama a seleção quanto para quem não quer gastar muito neste ano, a dica é usar objetos práticos e que possam ser utilizados para vibrar pelo hexa ou em outras ocasiões.

Psicóloga e advogada há mais de 10 anos, Alinne Cunha com o marido Zezinho Rachid Maluf com o Repórter PH
Psicóloga e advogada há mais de 10 anos, Alinne Cunha com o marido Zezinho Rachid Maluf com o Repórter PH

 Mais novo golpe na praça

Aumentou nas últimas semanas o golpe contra contas de empresas nos bancos privados do País, que têm disparado avisos para tentar proteger os correntistas.

A fraude mais frequente se dá por telefone ou aplicativo de mensagens. O fraudador liga ou envia uma mensagem, muitas vezes simulando o telefone da agência. Para conseguir o que deseja,  diz que a empresa está com restrição e que  a solução é acessar a conta e fazer uma simulação de Pix ou transferência de valor, que seria devolvido em 24h.

A orientação é não fazer qualquer transferência, nem compartilhar senhas, mesmo para quem se identifica como representante do banco.

Para escrever na pedra:

“A suspeita sempre persegue a consciência culpada; o ladrão vê em cada sombra um policial”. De William Shakespeare.

TRIVIAL VARIADO

Tome nota: dois anos após sua estreia cinematográfica, a irmã caçula de Sherlock Holmes retorna para a continuação de suas desventuras em Enola Holmes 2, estreia desta sexta-feira da Netflix.

Tem mais: protagonizado por Millie Bobby Brown, o filme inspirado na série literária de Nancy Springer mostra uma nova investigação de Enola, agora oficialmente uma detetive em Londres, tal qual Sherlock (Henry Cavill).

Em tempo: na sequência, em meio às dificuldades para provar seu valor, já que ninguém deseja contratar uma menina, ela acaba se envolvendo em uma conspiração mortal.

O Tribunal Regional Eleitoral confirmou para o dia 21 de dezembro a diplomação dos eleitos no Estado no pleito deste ano. A cerimônia vai reunir o governador reeleito, Carlos Brandão (MDB), e o vice, Felipe Camarão, o senador eleito Flávio Dino, além de deputados federais e estaduais.

O Sesc inicia a celebração do seu aniversário com o “Prêmio Imprensa Sesc 75 anos”. A solenidade acontece nesta sexta-feira, a partir das 19h, no Teatro Sesc Napoleão Ewerton, na Av. dos Holandeses.

No assunto: o evento tem como objetivo homenagear e reconhecer os profissionais da imprensa maranhense que nesses 75 anos contribuíram com a divulgação das ações e serviços da instituição.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.