Pergentino Holanda

PH REVISTA: Banquete para a história

Wine Celebration homenageará François Vatel

PH

CLIQUE AQUI E LEIA O PH REVISTA NA ÍNTEGRA

Natália Borges Vieira é o destaque de capa do PH Revista neste fim de semana. O sorriso dela tem vida própria, o resto é outono
Natália Borges Vieira é o destaque de capa do PH Revista neste fim de semana. O sorriso dela tem vida própria, o resto é outono

Um espetáculo é qualquer tipo de apresentação em que haja técnica, beleza e brilhantismo. Estes ingredientes com certeza não faltarão no evento gastronômico Wine Celebration, um banquete regado a grandes vinhos que Márcio Class e Alípio Moraes promovem para um seleto público de 700 convidados, no próximo dia 7 de outubro, no Palazzo Eventos.

É excepcionalmente instigante a disposição de um grupo de chefs maranhenses de encarar e homenagear François Vatel, um célebre cozinheiro da corte de Luís XIV, criador do chantilly e autor de jantares históricos.

Quem assistiu a Vatel, o filme, estrelado por Gerard Depardieu e ambientado no tempo dos castelos e dos grandes banquetes, tem a noção do que vem por aí.

Brandão e quem?

Se não houver nenhum acidente de percurso na campanha, o candidato Carlos Brandão já tem vaga assegurada no segundo turno no pleito para o governo do Maranhão.

A segunda vaga para enfrentar Brandão no dia 30 de outubro ainda é uma incógnita.

Tanto pode ser Weverton Rocha – que parece já ter encostado no teto de votos, como demonstram todas as pesquisas – como pode ser Lahésio Bonfim, que nas últimas semanas tem priorizado o eleitorado de São Luís.

Há, contudo, uma possibilidade pequena de que a eleição estadual seja decidida ainda no primeiro turno.

Os últimos dias de campanha decidirão. A conferir! 

Cálculo renal

Candidato ao governo do Maranhão nas eleições de outubro, Edivaldo Holanda Júnior tem saído do eixo nesses dias de campanha.

Primeiro, usou um tom agressivo contra o também candidato Lahésio Bonfim em debate na TV realizado recentemente.

E agora resolveu brigar, de maneira ostensiva – o que foge ao perfil de político equilibrado, polido – com os números das pesquisas de opinião.

Em verdade, Edivaldo não aceita a ideia de que sua candidatura ao governo não alcançou respaldo no interior do Estado e vem desidratando nas últimas semanas. 

Maria Firmina na Flip

Um dos maiores destaques anunciados para a 20ª edição da Festa Literária Internacional de de Paraty (Flip) foi a homenagem que será feita à escritora maranhense Maria Firmina dos Reis.

Em um ano marcado pelo bicentenário da Independência e pelo centenário da Semana de Arte Moderna, a escolha de Maria Firmina pegou o meio literário de surpresa.

Mas a verdade é que as personagens e narrativas memoráveis de Maria Firmina têm inspirado coletivos de leitura, professoras e autoras contemporâneas com sua linguagem, imagens e abordagens de um Brasil real e ficcional que atravessa duzentos anos de uma independência controversa.

Festa reinventada

A Flip celebra sua 20ª edição retomando as ruas e praças de Paraty no período de 23 a 27 de novembro deste ano.

Nos dois anos anteriores, frente às dificuldades e urgências impostas pela Covid-19, a Flip precisou se reinventar.

Em seus 20 anos de história, a Festa Literária de Paraty tem se posicionado como um laboratório de reflexão, em que encontros e atividades buscam pensar saídas para as crises contemporâneas.

DE RELANCE

45 anos sem Maria Callas

Era o mês de abril do ano de 1975 e eu visitava Paris pela primeira vez, a convite da Varig. Não fosse a movimentação dos paparazzi em frente à Brasserie Le Fouquet's na avenida Champs-Elysées, eu jamais poderia imaginar que bem próximo à minha mesa estava Maria Callas, considerada por muitos a maior soprano de todos os tempos.

A cena, que ficou gravada para sempre em minha memória, nunca mais se repetiu. Callas morreu em 16 de setembro de 1977 e nessa mesma data, por coincidência, eu visitava Paris pela segunda vez, mas não consegui participar dos funerais da cantora.

No último dia 16, portanto, fez precisamente 45 anos que Maria Callas partiu para a eternidade, deixando para sempre o eco de uma voz singular.

Em 2 de dezembro de 2023 será comemorado o centenário do seu nascimento. É inevitável que o seu nome, que nunca abandonou as vitrines da cultura erudita e popular, salpicando capas de revistas e cartazes de espetáculos, esteja de novo na boca do mundo.

É assim que eu começo uma longa reportagem sobre aquela que foi a minha mais adorada cantora lírica, na última página do caderno PH Revista deste fim de semana.

 

A eterna cantora lírica Maria Callas com o bilionário Aristóteles Onassis
A eterna cantora lírica Maria Callas com o bilionário Aristóteles Onassis

O livro de Eliézer Moreira

Foi bastante concorrida a noite de lançamento do livro “Catálogo de artes plásticas do Maranhão – Coleção de Eliézer Moreira Filho”, na última quarta-feira, na Galeria Fast Frame, no Renascença.

Por lá, circularam os artistas plásticos Péricles Rocha, Jesus Santos e Beto Lima, os acadêmicos Benedito Buzar, Joaquim Haickel e Félix Alberto Lima, Anna Graziella Neiva e Raíssa Moreira Lima e uma das grandes incentivadoras das artes no Maranhão, dona Marita Freitas.

Uma das presenças mais cortejadas da noite foi a do ex-presidente José Sarney, amigo de Eliézer Moreira de longas datas e testemunha da formação do acervo de obras que constam do livro.

O livro de Eliézer Moreira...2

A coleção de Eliézer retratada no livro reúne 286 peças de mais de 70 artistas plásticos, adquiridas ao longo dos últimos 50 anos.

Com textos biográficos e fotografias de pinturas, esculturas, desenhos, gravuras e colagens, o livro traz obras de Celso Antônio, Floriano Teixeira, Dila, Donato, Ciro Falcão, Péricles Rocha, Nagy Lajos, Telésforo Moraes Rego, Jesus Santos, Fernando Mendonça, Cosme Martins e muitos outros.

O livro, cujo texto de apresentação é assinado por Félix Alberto Lima, traz 438 páginas em policromia recheadas de informação.  

Febre pantaneira voltou a conquistar o Brasil

Há magia na história de Juma, Jove, José Leôncio e companhia – e magia o suficiente para o feitiço sobreviver à prova do tempo, como mostrou a nova versão de Pantanal, sucesso dos anos 1990 reescrito por Bruno Luperi, que está chegando a sua reta final.

Antes da despedida oficial em outubro, quando o folhetim dará lugar a Travessia, de Gloria Perez, com boa parte gravada no Maranhão, o Globo Repórter desta semana dedicou uma hora para registrar os efeitos dessa “verdadeira febre que acometeu o país desde que a novela estreou”, conforme o material de divulgação da atração.

O programa, que foi ao ar ontem à noite na TV Mirante, mostrou, por exemplo, como as gírias e expressões do pantanal viraram moda, ao mesmo tempo em que a novela se tornou queridinha das redes sociais.

Outros impactos da produção, como o aumento do turismo na região, também foram abordados pela equipe de reportagem da Globo.

Febre pantaneira...2

A equipe do Globo Repórter também conversou com os atores Isabel Teixeira, intérprete de Maria Bruaca, e Silvero Pereira, que deu vida a Zaquieu, sobre suas rotinas nas gravações de Pantanal e o impacto da produção em suas vidas e carreiras.

– O pessoal jovem, que está antenado, olha a Maria Bruaca e fala: “Bota um cropped, reage! Somos todos Mary Bru”, porque não pode mais.

Tem coisa hoje em dia que não pode mais – comenta a atriz sobre a reação do público a sua personagem, que sofreu abusos ao longo da trama.

– É uma personagem que faz pensar sobre a gente mesmo, aceitando que nunca é tarde mesmo, que a vida está sempre começando.

O Globo Repórter tem reprise aos sábados, na GloboNews.

 

O professor e escritor Antonio Augusto Ribeiro Brandão com o escritor e ex-presidente da República José Sarney, em noite de autógrafos
O professor e escritor Antonio Augusto Ribeiro Brandão com o escritor e ex-presidente da República José Sarney, em noite de autógrafos

Membro Honorário de três academias

O tempo não conta para o professor e escritor Antonio Augusto Ribeiro Brandão. Ele está sempre se atualizando e conquistando novos espaços.

Pouca gente sabe mas ele é o único maranhense que é oficialmente três vezes Membro Honorário de Academias de Letras, respectivamente ACL, ALL e AMCJSP.

Segundo ele, “menos por honraria e mais pelos direitos determinados pelo tempo”.

Otimismo do comércio

O comércio varejista se prepara para um crescimento de vendas no mês de outubro. O “Dia das Crianças” e os preparativos para a Copa do Mundo estão entre as razões para o otimismo.

Dados da Confederação Nacional do Comércio, Bens e Serviços apontam que o “Dia das Crianças” é considerado a terceira data mais importante para o varejo brasileiro, ficando atrás apenas do Natal e do “Dia das Mães”.

Os setores de eletrônicos, brinquedos, vestuário e calçados são os que se preparam para os melhores resultados.

Círio de Nazaré

É grande o número de maranhenses que, mais uma vez, vão cruzar o estado, de carro ou de avião, para participar de mais uma Festa do Círio de Nazaré.

Neste ano, são esperados mais de 50 mil visitantes em Belém durante a quadra nazarena.

De São Luís, estão de ticket marcados, Déia e Luiz Campos Paes, Lil Trinta e Jorge Cateb Neto, entre muitos outros.

Maranhenses na Catalunha

Um dos mais criativos grupos de cultura popular do Brasil retomou a agenda de viagens internacionais causando curiosidade e recebendo muitos aplausos na Europa.

A Companhia Barrica mostrou, em várias cidades da Catalunha, na Espanha, a beleza de seus espetáculos e um pouco da alegria das festas temáticas maranhenses como o São João e o Carnaval

O grupo formado por cerca de 30 pessoas atravessou o Atlântico para participar, a convite da Associació Per La Difusió Del Folklore (ADIFOLK), das Jornadas Internacionais Folclóricas da Catalunha, de 2 a 10 de setembro, com extensa programação incluindo 40 cidades, entre elas, Barcelona, Mont Blanc, Calella, Súria, Sant Fruitós de Bages, Les Borges Blanques e Golmés.

Maranhenses na Catalunha...2

Os maranhenses estiveram ao lado de grupos do México, Romênia, Bulgária e Quênia, além de diversos outros procedentes de cidades do entorno de Barcelona.

Eles garantiram a participação no evento por intermédio da Federação de Festivais Internacionais de Dança (FIDAF Brasil), com sede no Rio Grande do Sul e dirigida pelo produtor cultural Régis Bastian.

Segundo José Pereira Godão, a programação era intensa e organizada e os artistas foram conduzidos a diversas cidades da região. Ele destacou, ainda, que a estrutura técnica de palco, sonorização e iluminação era excelente.

A programação sempre finalizava com solenidades, recepções, banquetes com as delícias da culinária espanhola e troca de presentes. O grupo ainda fez passeios turísticos para conhecer Barcelona, Girona e outras cidades da Catalunha.

Para escrever na pedra:

“Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens”. Do poeta português Fernando Pessoa.

 TRIVIAL VARIADO

A juíza Ana Cristina Ferreira Gomes de Araújo é a nova titular da 4ª Vara Criminal de São Luís, do Termo Judiciário de São Luís, da Comarca da Ilha de São Luís.

Ana Cristina Gomes entrou na magistratura maranhense em 1997, atuou nas comarcas de Riachão, Itapecuru, Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.