Valorização

Roots: História do reggae na Jamaica Brasileira é abordada em minissérie

Com o patrocínio da Equatorial Maranhão, a minissérie conta com 5 episódios que trazem à tona a cena reggae no Maranhão.

Publipost / Equatorial Maranhão

- Atualizada em 17/09/2022 às 11h55
A minissérie documental conta com 5 episódios. (Foto: Divulgação)
A minissérie documental conta com 5 episódios. (Foto: Divulgação)

A cidade de São Luís, no Maranhão, é conhecida como a Jamaica brasileira, ou mesmo a capital nacional do reggae. Com o intuito de valorizar esse ritmo tão forte e importante para o Estado, o documentário Roots foi lançado como forma de homenagear o gênero. A minissérie documental, que conta com 5 episódios que investigam em profundidade o reggae no Maranhão na música, história e sociedade, está sendo exibida na TV Mirante aos sábados, após o programa Daqui.

A obra mostra a cultura de festas de reggae na cidade, as radiolas, com DJs competindo para ter os reggaes mais exclusivos. Os episódios narram a evolução estética dos ritmos americanos até ritmos caribenhos e introduz o assunto do caminho histórico que o reggae percorreu da Jamaica até o Maranhão. De encontro em encontro, embalados pela trilha desta rica história, pesquisadores e personagens dos primórdios do reggae no Maranhão, traçam a linha até um Museu fundado pelo próprio estado do Maranhão. 
 

O reggae é um ritmo de destaque para o povo ludovicense. (Foto: divulgação)
O reggae é um ritmo de destaque para o povo ludovicense. (Foto: divulgação)


A minissérie, que conta com o patrocínio da Equatorial Maranhão, via Lei de Incentivo à Cultura, surgiu com o propósito de retratar sobre a história do reggae maranhense com abordagem também sobre suas nuances que o fizeram crescer: a questão musical, a racial, social e religiosa. Para a Analista de Responsabilidade social, Jeane Pires, a produção da minissérie é muito importante para a valorização de um ritmo tão marcante. 

‘’A extensa história que existe no reggae maranhense permitiu que São Luís se tornasse a Jamaica brasileira. Toda essa riqueza e beleza nos impulsionou para explorar esse ritmo tão tocado, comentado e vivido. A Equatorial tem muito orgulho de patrocinar uma série que traz à tona a força do reggae, que enriquece tanto a nossa cultura local’’, destaca Jeane. 

O reggae é um ritmo de destaque para o povo ludovicense, de um povo que abraçou esse estilo e de toda uma história que vem sendo construída desde a década de 80, ganhando forma consolidada nos dias atuais. A preservação desse bem imaterial é a forma de dar continuidade à história e à cultura.  

Feira Roots

Além da série, como uma forma de ampliar o tema e promover maior interação com a comunidade, foi realizada a feira Roots no Parque Bom Menino.  Nesse momento muitas atividades foram realizadas: concurso de dança, exposição de produtos temáticos e uma aula de dança com direito apresentações de discotecagem de dj´s.
 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.