Dia dos Namorados

Casal de namorados se apaixonou dançando cacuriá: “compartilhamos sorrisos e muitas felicidades”

Joyce e Thiago são integrantes de uma das danças típicas do São João maranhense.

Neto Cordeiro/Namira

- Atualizada em 12/06/2022 às 07h29
Casal se conheceu dançando cacuriá. Foto: Arquivo Pessoal.
Casal se conheceu dançando cacuriá. Foto: Arquivo Pessoal.

SÃO LUÍS – Amor à primeira vista no cacuriá. Durante os ensaios da dança típica do São João maranhense, Joyce e Thiago se apaixonaram um pelo outro. A dança, que é composta por gingados, rebolados e todo um conjunto de coreografias cheias de sensualidade, deu o tom da conquista.

Este é o segundo ano que Thiago Santos, de 29 anos, participa do cacuriá. Já a namorada Joyce Kelly, de 20, sai pela primeira vez. Para eles, o cacuriá representa companheirismo, muito amor e gratidão. Foi nesse círculo de muito afeto que os dois sentiram despertar a paixão um pelo outro.

No dia 13 de maio, os pombinhos selaram o compromisso de cuidar um do outro e viverem o romance em meio à volta dos festejos juninos. Hoje, 12 de junho, Dia dos Namorados, os dois já confirmaram que vão aproveitar a data juntos.

O pedido de namoro foi espontâneo, segundo Thiago. “Foi na porta da casa dela dentro de meu carro”, relembra.

Questionados sobre o que um mais admira no outro, Thiago responde: “Gosto daquele sorriso lindo que ela tem e da sinceridade dela sempre comigo”. Joyce também comenta: “Gosto dele porque ele é sincero, carinhoso, extrovertido e lindo”.

Os dois se conheceram nos ensaios do cacuriá. Arquivo Pessoal.
Os dois se conheceram nos ensaios do cacuriá. Arquivo Pessoal.

Para Thiago, a experiência está sendo ainda mais marcante porque durante dois anos não foi possível realizar o São João presencialmente, em razão da pandemia do coronavírus. Agora, a emoção vem com maior intensidade. 

“Para mim tá sendo fantástico, pois esses anos que não teve foi tão frustrante, só podia ver fotos e não podia dançar, mas Deus é tão bom que nos deu mais uma oportunidade de desfrutar dessa época maravilhosa que é o São João. Amo o Cacuriá do Jhon. Compartilhamos sorrisos e muitas felicidades com as pessoas que nos veem dançando”, ressalta.

Tô te chamando é pra dançar cacuriá”

A música do cacuriá tem um clima favorável aos apaixonados. Thiago e Joyce fazem parte do Cacuriá do Jhon, um dos grupos mais expoentes da cidade.

O próprio Jhon, que comanda o cacuriá, comentou sobre o ar de conquista e sensualidade que as melodias carregam. Composta por ele, “Saia Rodada” é uma delas. Ouça acima. 

“O que me inspirou na música é porque quando a gente tá dançando, você vê aquela sensualidade das meninas ao redor do par, girando sua saia. Aí, eu criei a música, ‘Saia rodada, menina assanhada’. O que quer dizer o assanhamento? É aquele menina sensual que te olha, que roda com o giro daquela saia te provocando. É uma menina bem ousada, sensual. Na dança do cacuriá, eu agreguei. A pessoa tava dizendo ‘vou entrar daquele meu jeitinho devagarinho’ e, no final ,ele diz ‘vou dançar com meu amor. Tô te chamando é pra dançar cacuriá. Pegue a cintura e comece a balançar’. Porque é o jogo de movimento da mulher. Aí foi criada a letra que ficou muito bonita”, destaca Jhon.

O ritmo da dança fica a cargo das caixeiras. Os pares dançam com passos marcados. A parte vocal é composta por melodias e versos improvisados respondidos por um coro de brincantes. 

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.