Polêmica

Gusttavo Lima desabafa e chora ao falar de investigações

'Nunca me aproveitei de dinheiro público', disse o cantor.

Na Mira

A equipe do cantor se pronunciou apenas em relação à investigação em Roraima.
A equipe do cantor se pronunciou apenas em relação à investigação em Roraima. (Gusttavo Lima)

BRASIL - Na noite da última segunda-feira (30), o sertanejo Gusttavo Lima utilizou suas redes sociais para comentar sobre a polêmica envolvendo shows marcados em municípios de Minas Gerais, Roraima e Rio de Janeiro. Os contratos entre as prefeituras e o cantor, que ultrapassam a faixa de R$ 1 milhão, estão sendo investigados pela justiça.

"Eu nunca me beneficiei de dinheiro público ou empréstimo. A minha vida foi sempre trabalhar, fiz quase 300 shows em 2019. Somos uma equipe gigantesca de colaboradores, que nos ajudam a subir sempre mais um degrau. Não compactuo com uso de dinheiro público, tenho meus impostos em dia", disse Gusttavo em vídeo publicado no Instagram.

Em Magé, por exemplo, o cachê do artista e sua equipe alcançou o valor de R$ 1.004.000,00 (um milhão e quatro mil reais). Já em Conceição de Mato Dentro, o contrato ficou na faixa de R$ 1,2 milhão (um milhão e duzentos mil reais).

"Todos os artistas fazem show de prefeitura. É sobre valorizar a nossa arte, é a nossa única coisa que temos para vender. Ganhamos dinheiro e pagamos nossas contas com isso. São mais de 500 funcionários que dependem de nós", continuou o sertanejo. "Não é por ser uma prefeitura que eu vou deixar de cobrar o meu valor. Eu também tenho minhas contas para pagar. Não é por fazermos música que precisamos receber menos", completou. 

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.