Leitura

Academia de Letras publica novos livros da Coleção Biblioteca Escolar

A série traz a reedição de livros de autoria dos 12 fundadores da Academia Maranhense de Letras, publicados em diferentes épocas.

Na Mira, com informações da assessoria

- Atualizada em 23/05/2022 às 16h50
AML recebe livros da Coleção Biblioteca Escolar, em solenidade na reitoria da UEMA.
AML recebe livros da Coleção Biblioteca Escolar, em solenidade na reitoria da UEMA.

SÃO LUÍS - Em parceria com a editora da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), a Academia Maranhense de Letras (AML) acaba de publicar 16 livros relacionados a aspectos históricos e literários do Maranhão. A parceria editorial entre a Uema e a AML contempla obras da Coleção Biblioteca Escolar – Série Fundadores da Academia I.  

A série traz a reedição de livros de autoria dos 12 fundadores da Academia Maranhense de Letras, publicados em diferentes épocas. São eles:  

  • “Harpas de fogo”, de Corrêa de Araujo; 
  • “Missas negras”, de I. Xavier de Carvalho; 
  • “O Palácio das Lágrimas”, de Clodoaldo Freitas; 
  • “Os Novos Atenienses”, de Antônio Lobo; 
  • “Por onde Deus não andou” (dois volumes), de Godofredo Viana; 
  • “Coisas da vida”, de Alfredo de Assis; 
  • “Silhuetas”, de Domingos Barbosa; 
  • “O Maranhão: subsídios históricos e corográficos” (dois volumes), de Fran Paxeco; 
  • “Natal”, de Astolfo Marques; 
  • “Fundação do Maranhão”, de José Ribeiro Amaral; 
  • “História do Maranhão” (três volumes), de Antônio Batista Barbosa de Godóis; 
  • “Poesias”, de Vieira da Silva.

 

A Coleção Biblioteca Escolar da AML, idealizada e coordenada pelo acadêmico Sebastião Moreira Duarte, totaliza agora 35 títulos já publicados. A primeira série, denominada Quadros da Vida Maranhense, incluiu dez títulos de autoria do historiador Jerônimo de Viveiros, dentre eles “Os irmãos Azevedo”, “Velhos jornais do Maranhão” e “Franceses e holandeses no Maranhão”. A segunda série, denominada Maranhão, Maranhenses, publicou sete volumes de autoria do escritor Humberto de Campos.

“A Academia Maranhense de Letras presta um grande serviço à literatura ao trazer à lume, de forma didática e de fácil manuseio por jovens leitores, este rico acervo da Coleção Biblioteca Escolar”, destacou o presidente da AML, Lourival Serejo. Os livros, segundo ele, estão à disposição para consulta popular na Biblioteca Astolfo Marques, da AML. E em breve poderão ser adquiridos em livraria virtual no portal eletrônico da Academia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.