Festival

MOA: festival grandioso que virou um fiasco

Falta de estrutura, debandadas das bandas e troca de acusações. Esse foi o cenário do festival.

Pedro Sobrinho / Na Mira

- Atualizada em 27/03/2022 às 12h23

Falta de estrutura, debandadas das bandas por não cumprimento de contratos, troca de acusações entre os organizadores do evento e xingamentos por parte de quem pagou e não viu a festa acontecer.

Esse foi o cenário vivenciado e que resultou no cancelamento, neste domingo (22), do Metal Open Air, que ainda chegou a acontecer sexta (20) e sábado (21), no Parque Independência, na capital maranhense.

Desistências

O cancelamento das bandas teve início na madrugada de quinta-feira, com as bandas nacionais Hangar e Terra Prima e a internacional Venom pelas redes sociais. Na sexta-feira, (20), mais cinco bandas afirmaram que não participariam do do Metal Open Air: as nacionais Headhunter D.C, Ratos de Porão, Stress e Shadowside e a internacional Saxon.

No sábado (21), a banda Rock'n'Roll Allstars cancelou na tarde de ontem (20), o show Metal Open Air, incluindo a apresentação do ator Charlie Sheen, que também garantiu que não vinha mais.

Tentativa

O festival chegou a ser realizado durante dois dias, mas sem a programação divulgada na mídia local e nacional. Na noite de ontem (21), palcos foram desmontados assim que foi encerrada a apresentação da última banda, Korzus. Vale destacar que esta foi a quarta apresentação de uma noite que prometia 23 bandas no total.

Os dois principais organizadores do evento: Natanael Júnior, da Lamparina Produções, e Felipe Negri, da Negri Produções, afirmaram que o corte de verbas prometidas por patrocinadores e pelo governo do Estado, somado a problemas de fornecimento de energia no local do evento foram os principais fatores que causaram a falta de estrutura que resultou no fracasso do festival.

Em nota divulgada na noite de sexta-feira (20), o governo do Estado informa que não existe nenhuma aproximação do governo com o festival MOA, que está sendo realizado em São Luís.

Leia abaixo a íntegra da nota

A Secretaria de Estado de Comunicação Social (SECOM-MA) informa que não há registro de qualquer aproximação do Governo do Maranhão com a produção do Metal Open Air (MOA), festival de rock que está sendo realizado em São Luís.

Esclarece ainda que o governo não investe em eventos com bilheteria paga. Nesse caso específico, há ainda o agravante do histórico de eventos já realizados por um desses mesmos produtores e que resultaram em problemas semelhantes.

Informa, por fim, que o governo disponibilizou seus serviços para a proteção do público, caso dos técnicos da Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA), que vistoriam o local, e de homens da Polícia Militar, que guardam a área.

Voz Oficial

A Lamparina Produções, uma das empresas responsáveis pela organização do festival, cancelou oficialmente neste domingo (22), o Metal Open Air.

Em nota emitida à imprensa, a Lamparina Produções lamenta o ocorrido e informa que os problemas que levaram ao cancelamento não são apenas de sua responsabilidade.

Segundo o documento, todas as bandas que participariam do festival, exceto aquelas que anunciaram antecipadamente o cancelamento de seus shows, estariam em São Luís. A produção também informou que teria pago os cachês cobrados pelas bandas.

O Metal Open Air foi idealizado para celebrar os grandes nomes do heavy metal do planeta e acabou se resumindo ao fiasco.

* Leia a impressão digital sobre o MOA no Blog de Pedro Sobrinho.

Veja a lista de shows cancelados no Metal Open Air

Dia 20/4

Palco Ronnie James Dio

10h30 – Headhunter DC (CANCELADA)

12h – Hangar (CANCELADA)

14h15 – Almah

16h45 – Shaman

19h15 – Destruction

22h – Symphony X

Palco Cliff Burton

11h15 – Dark Avenger (REMANEJADO PARA O SÁBADO)

13h – Exciter

15h30 – Orphaned Land

18h – Anvil

20h30 – Exodus

23h45 – Megadeth

Palco El Diablo

10h30 – Terra Prima (CANCELADA)

11h15 – Ânsia de Vômito (CANCELADA)

12h – Drowned (CANCELADA)

Dia 21/4

Palco Ronnie James Dio

11h15 – Obskure (CANCELADA)

13h – Legion of the Damned

15h30 – Glenn H. (CANCELADA)

18h – Udo (CANCELADA)

20h30 – Blind Guardian (CANCELADA)

23h45 – Rock N'Roll Allstars (CANCELADA)

Palco Cliff Burton,/b>

12h – Stress (CANCELADA)

14h15 – Korzus

16h45 – André Matos (CANCELADO)

19h15 – Grave Digger (CANCELADA)

22h – Anthrax (CANCELADA)

Palco El Diablo

11h15 – Expose Your Hate (CANCELADO)

12h – Ácido (REMANEJADO PARA O PALCO PRINCIPAL)

Dia 22/4

Palco Cliff Burton

10h30 – Attomica (CANCELADA)

12h – Matanza (CANCELADA)

14h15 – Torture Squad

16h45 – Ratos de Porão (CANCELADA)

19h15 – Fear Factory

22h – Saxon (CANCELADA)

Palco Ronnie James Dio

11h15 – Motorocker

13h – Otep

15h30 – Obituary

18h – Dio Disciples

20h30 – Annihilator (CANCELADA)

23h45 – Venom (CANCELADA

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.