Girl Power

Estudo aponta que número de protagonistas femininas aumentou em 2018

A porcentagem aumentou 7% em relação a 2017.
Na Mira19/02/2019 às 21h30
Estudo aponta que número de protagonistas femininas aumentou em 2018Apesar do resultado positivo, o cenário ainda continua dominado por homens. (Foto: Reprodução)

Apesar de um cenário ainda dominado por homens, um novo estudo feito pelo Centro para o Estudo de Mulheres em Televisão e Cinema, na San Diego State University, nos Estados Unidos, apontou que o número de mulheres como protagonistas dos filmes de maior bilheteria aumentou em 2018, atingindo uma alta histórica ao passar de 24% para 31%. A informação é do site The Wrap.

Leia também: Filmes de super-heróis dominam as maiores bilheterias de 2018

Enquanto em 2017, a mesma pesquisa apontava que o número havia diminuído em relação a 2016 - que alcançou 29% - ao mostrar que apenas 24% dos personagens protagonistas eram mulheres. Em 2018, o número alavancou e alcançou 31%.

Ao total, o estudo analisou mais de 2500 personagens nos 100 filmes que conquistaram as maiores bilheterias nos Estados Unidos em 2018. Entre os filmes analisados estavam: Mamma Mia! Lá Vamos Nós de Novo, Tomb Raider, Oito Mulheres e um Segredo, As Viúvas, entre outros.

Os dados da pesquisa também apontam que a porcentagem de mulheres negras representadas nas telonas aumentou 5% em relação ao ano passado, chegando no número recorde de 21% em 2018. Por outro lado, as latinas diminuíram de 7% para 4% e passaram a ser menos representadas nas telonas. Já as mulheres asiáticas tiveram um aumento de 7% para 10%, número conquistado graças a comédia romântica Podres de Ricos.

A análise também concluiu que o protagonismo feminino é mais comum em filmes independentes (68%), comédias (32%) e filmes de terror (19%), enquanto os homens estrelam mais dramas (31%), filmes de ação (21%) e ficção científica (15%).

No entanto, apesar do resultado significativo, a pesquisa também revela que o cenário ainda continua dominado por homens, já que eles foram protagonistas de 52% dos maiores filmes lançados no ano passado.

Para a diretora do centro e responsável pela pesquisa, Martha Lauzen, vale ressaltar a importância da representação feminina como protagonista dos maiores filmes de Hollywood.

"Enquanto as protagonistas femininas se recuperaram no ano passado, superando ligeiramente a alta anterior alcançada em 2016, os percentuais de mulheres como personagens falantes e personagens principais permaneceram relativamente estagnadas. Os protagonistas são os personagens de cuja perspectiva a história é contada e, assim, ver mais mulheres nesses papéis é tremendamente importante. No entanto, não estamos vendo ganhos semelhantes nas populações mais amplas de personagens principais e em todas as funções de fala", concluiu.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.