Teatro maranhense

Grupo de teatro maranhense relata dificuldades para realização de espetáculo

O Grupo Remonta criou uma ''vaquinha'' on-line para receber ajuda.

Anne Cascaes/ Na Mira

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h06
O grupo é formado por sete jovens maranhenses, quem têm em comum o desejo de propagar a arte. (Foto: divulgação)
O grupo é formado por sete jovens maranhenses, quem têm em comum o desejo de propagar a arte. (Foto: divulgação)

MARANHÃO - As dificuldades impostas à classe artística pela pandemia do novo coronavírus atingiram não só as pessoas e grupos que já atuavam há anos e precisaram parar, como também aqueles que iniciaram pouco antes de se estabelecer a crise sanitária.

O Grupo Remonta de Teatro, formado por jovens maranhenses, existe desde o final de 2019. Do nascimento do grupo para cá, o desejo de compartilhar a arte e apresentar seus espetáculos nunca morreu entre os sete jovens que compõem o grupo teatral.

Roma Remonta, peça que o grupo deseja apresentar, traz mensagens importantes sobre a construção de amizades e aprendizados sobre o amor. "Esse espetáculo foi pensando pelo grupo para falar sobre aquilo que mais nos tem faltado nesses tempos caóticos: o amor", conta o estudante de Artes Visuais, ator e dramaturgo Victor Capeto.

Para a realização do espetáculo, contudo, o Remonta tem buscado o apoio das pessoas ao seu redor para que seja possível arcar com os custos que um espetáculo independente exige. Por isso, o grupo teve a ideia de iniciar uma "vaquinha" para receber ajuda de quem apoia o trabalho.

"Não conseguimos apoio de nenhuma empresa, edital ou centro cultural, mas sentimos a necessidade de realizar o espetáculo. A arte é a nossa forma de ajudar o mundo nesses momentos difíceis, fazendo com que a gente realize os nossos sonhos e os compartilhe com o mundo", diz Victor.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.