Preocupação

"Para quê tanto ódio?", questiona pai de Victor Hugo, maranhense que está no BBB20

Hélio Teixeira diz que a quantidade de mensagens ofensivas e ameaças a integridade física do jovem preocupa familiares e amigos do imperatrizense, de 26 anos.
Paulo Pontes/Na Mira09/03/2020 às 17h49
"Para quê tanto ódio?", questiona pai de Victor Hugo, maranhense que está no BBB20 Victor Hugo, participante do Big Brother Brasil 20, e seu pai, Hélio Teixeira. (Foto: arquivo pessoal)

IMPERATRIZ - Nas últimas semanas a família e amigos de Victor Hugo, participante do Big Brother Brasil 20, têm se preocupado com a frequência de ataques que o participante vem sofrendo dentro da casa e, principalmente, nas redes sociais.

Leia também:

No BBB 20, Victor Hugo elogia os telejornais da TV Mirante

BBB 20: maranhense Victor Hugo revela ser assexuado

No último sábado (7), Victor Hugo protagonizou alguns momentos desagradáveis na casa mais vigiada do Brasil. O maranhense discutiu com Gizelly e Manu. Os vídeos dos desentendimentos repercutiram nas redes sociais e foram comentados por muitos internautas.

No Twitter, as brigas levaram os nomes dos participantes aos assuntos mais comentados no Brasil. Além da hashtag #ForaVictorHugo, onde muitos internautas compartilharam comentários negativos sobre as atitudes do participante na casa.

Familiares e amigos de Victor Hugo, de 26 anos, natural de Imperatriz, estão preocupados com a vida do imperatrizense após sair da casa. Segundo o pai do participante, Hélio Teixeira, de 51 anos, o cuidado se dá pelo medo do jovem ser agredido ao sair do reality show e voltar a sua rotina.

“A família vê isso com muita preocupação, especialmente porque o Victor é um cidadão comum, uma pessoa que utiliza o transporte público, que tem a vida de como qualquer cidadão normal, ele não é uma celebridade”, afirma.

“Para quê tanta agressão? Para quê tanta injúria? Para quê tanto ódio?”. Questiona o pai de Victor Hugo ao se deparar com a quantidade de mensagens ofensivas e ameaças a integridade física do jovem.

Hélio ainda afirma que ler as mensagens de ódio “faz os familiares se sentirem muito mal pelo seu filho, já que caminharam juntos durante toda a jornada de sua formação”.

Quanto as medidas que estão sendo tomadas para combater as agressões, Hélio afirma que já estão tomando providências junto a assessoria de Victor. “Nós e a assessoria de Victor Hugo estamos colhendo o máximo de provas para que nós possamos, só então dentro das possibilidades jurídicas e civil, tomar as medidas cabíveis”, explica.

O pai do maranhense conta que sempre foi o sonho de Victor estar na Globo e que recebeu apoio dos familiares com a decisão de participar do reality. “O Victor sempre teve um grande sonho de estar na Globo, e acredito que a forma que ele viu de entrar lá, mesmo que por um momento, foi através do BBB. Então, o sonho do Victor também é o nosso sonho e nós vemos com bons olhos a participação dele no Big Brother”, conta.

Ainda sobre os ataques sofridos por Victor Hugo, Hélio Teixeira questiona o fato de todos os participantes usarem praticamente das mesmas estratégias, mas somente seu filho ser atacado. “A gente até estranha que todo mundo pode fofocar, todo mundo pode articular o seu plano de jogo, mas quando isso é feito pelo Victor Hugo, o povo cai matando”, desabafa.

Já sobre os planos de Victor Hugo após sua saída do BBB, o pai do psicólogo diz que o jovem tem uma carreira em andamento e cada vez mais está se aperfeiçoando, mas afirma que o futuro ainda é incerto, pois podem aparecer outras oportunidades de trabalho para o brother depois do reality show.

“Eu acho que as pessoas que estão aqui fora poderiam ter um pouco mais de cautela ao se manifestarem de forma ofensiva, atacando família, amigos e simpatizantes do Victor Hugo. Então, a gente pede respeito. Nós precisamos que seja respeitada a nossa dignidade como cidadão. Como família, pedimos respeito e compreensão que o BBB é apenas um jogo.”, finaliza.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.