Teatro

Imperatriz recebe espetáculo sobre lendas do folclore maranhense

As apresentações ocorrerão na Praça de Fátima, às 16h.

Imirante Imperatriz, com informações da assessoria

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h29
O espetáculo é marcado pelo ritmo das batidas do cacuriá, dança típica maranhense.
O espetáculo é marcado pelo ritmo das batidas do cacuriá, dança típica maranhense. (Divulgação /Assessoria )

IMPERATRIZ - O circuito itinerante da companhia teatral Laborarte chega a Imperatriz nesta quinta-feira (22) e sexta-feira (23) para encenar o espetáculo de teatro de bonecos A Peleja de Casemiro Coco: lendas emaranhadas. As apresentações ocorrerão na Praça de Fátima, às 16h.

Além de divertir crianças, jovens e adultos, o espetáculo mantém viva a tradição do boneco mamulengo e, também, as lendas e mistérios do folclore maranhense. Intérpretes farão a tradução para a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) para promover a inclusão de pessoas com deficiência auditiva.

O espetáculo é marcado pelo ritmo das batidas do cacuriá, dança típica maranhense. No palco, as manipuladoras dão vida aos bonecos que divertem a plateia com a peleja de Casemiro Coco para resgatar a amada Madá, que é raptada pelo temível coronel Zé Bigode na noite em que completa aniversário de namoro com Casemiro Coco. No decorrer do espetáculo, Casemiro Coco terá que enfrentar Ana Jansen, a Mangunda e a Serpente que rodeia a Ilha de São Luís para, enfim, resgatar Madá das mãos do perverso Zé Bigode.

A peleja de Casemiro cria um ambiente descontraído, com brincadeiras e músicas que alegram crianças e adultos com os bonecos de mamulengo, manifestação popular nordestina reconhecida como Patrimônio Cultural Brasileiro em 2015. Os bonecos de mamulengo são confeccionados em madeira e tecido e representam histórias caracterizadas pelo humor leve e irreverente.

Músicos e atores dão vida ao espetáculo que, além de divertir, preserva as tradições da cultura popular maranhense e nordestina, como as lendas e as músicas que compõem a narrativa de Casemiro Coco, um espetáculo que representa a força do folclore brasileiro.

O espetáculo A Peleja de Casemiro Coco: lendas Emaranhadas tem texto e direção de Luana Reis, é realizado pelo Laboratório de Experimentações Artísticas (Laborarte), patrocinado pela Petrobrás e pelo Ministério da Cultura por meio de Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.