CLIMA FECHOU

Anitta responde Bolsonaro em redes sociais: "Devia cuidar do Brasil"

Em conversa com seguidores, Bolsonaro afirmou que as palavras ditas por Anitta eram absurdas.
NA MIRA23/11/2021 às 17h08
Anitta responde Bolsonaro em redes sociais: "Devia cuidar do Brasil"Anitta gravou stories para responder presidente. (Reprodução)

Após a cantora Anitta participar de uma live na CNN Brasil junto com a jornalista Gabriela Prioli e debaterem sobre política, e o presidente Jair Bolsonaro repercutir o assunto, Anitta voltou a se pronunciar na última segunda-feira (22).

Em suas críticas, Bolsonaro, enquanto conversava com apoiadores, disse: “Ouvi outro dia, tive o saco de ouvir uns 10 minutos, duas mulheres, podiam ser dois homens também, e ela não sabe nada, não sabe o que é Poder Executivo. Daí ela fala: ‘Não existe deputado municipal?’, não sei o quê. Essas coisas absurdas. não é essa pessoa apenas, é comum”.

Após verificar o vídeo onde Bolsonaro fala dela, Anitta resolveu gravas alguns stories direcionados ao presidente Jair Bolsonaro.

“Muita gente não sabe os deveres. No meu ensino público, não tive aulas ou nada que me ensinasse a entender sobre política. Sem vergonha alguma, resolvi tomar classes ao vivo com a minha amiga. Muita gente aprendeu junto comigo, presidente. Fiz mais pela galera do que o senhor, nesse quesito e em outros também, eu posso estar falando isso”, afirmou.

Ao final, Anitta também falou que Bolsonaro se preocupa mais com o que ela faz da vida, do que com a economia do Brasil.

"Mais uma vez, o presidente do país ocupado vendo o que faço ou deixo de fazer da minha vida. É por isso que o país vai ladeira abaixo. Em vez de se preocupar com essa economia, que o senhor disse que ia salvar, indo para o buraco”, finalizou.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.