Indignação

"Foi um prazer e um desprazer maior ainda", diz Evaristo Costa após demissão da CNN

Por meio de uma caixinha de perguntas, nas redes sociais, nessa segunda-feira (13), o apresentador afirmou que a emissora o "chutaram pela porta dos fundos".
Na Mira14/09/2021 às 10h08
"Foi um prazer e um desprazer maior ainda", diz Evaristo Costa após demissão da CNNApresentador afirmou que vive, agora, um período sabático. (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

BRASIL – O jornalista Evaristo Costa criticou a CNN Brasil, e não escondeu a indignação após ser demitido ao retornar das férias, no início de setembro. Por meio de uma caixinha de perguntas, nas redes sociais, nessa segunda-feira (13), o apresentador afirmou que a emissora o “chutaram pela porta dos fundos”.

Leia também:

Evaristo Costa descobre demissão pela CNN ao voltar das férias

A demissão do jornalista de 44 anos foi oficialmente confirmada no dia 3 de setembro. Logo após saber de sua demissão, Evaristo Costa comunicou seus seguidores de que não fazia mais parte do quadro de funcionários da emissora, e contou todo os bastidores do ocorrido.

Um seguidor perguntou ao jornalista sobre o seu nível de indignação com a CNN. Em seguida, Evaristo Costa o respondeu.“Sem 0 não indignado e 10 máximo de indignação, minha resposta é 10. Foi um prazer e um desprazer maior ainda”, disparou.

Evaristo Costa contou que tudo foi uma “estratégia de programação”. “Não fui eu que pedi pra trabalhar lá, eles vieram insistir diversas vezes aqui em Cambridge [no Reino Unido], onde vivo. Mas eu honrei com tudo que prometi. Foi um prazer e um grande desprazer trabalhar lá. Não questiono a demissão, questiono a forma que se deu”, disse.

Apresentador afirmou que vive, agora, um período sabático. “Quanto ao meu futuro, estou feliz e grato como garoto-propaganda de várias marcas que confiam na minha imagem e sigo na Inglaterra com meu sabático que foi interrompido pela CNN”, contou.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.