Violência Contra a Mulher

DJ Ivis perde contrato com a Sony Music e pede desculpas em vídeo

Em vídeo, o DJ aparece chorando e pedindo desculpas aos fãs e também a Pamella Holanda.
NA MIRA17/07/2021 às 12h59
O suposto vídeo chorando teria sido gravado cerca de 20 minutos antes de sua prisão. (Foto: Reprodução)


Desde que teve vídeos divulgados, nos quais agredia a ex-mulher, Pamella Holanda, o DJ Ivis tem visto a sua carreira desmoronar. O cantor, que já havia despencado nas plataformas de streaming Spotify e Deezer, também teve o seu contrato encerrado pela Sony Music Brasil.

O anúncio do rompimento de contrato foi realizado na sexta-feira (16). Desde a terça-feira (13), a gravadora já havia informado que estava revisando a sua relação com o artista e informou que levava "as acusações contra o DJ Ivis muito a sério e não tolera esse tipo de comportamento".

"A Sony Music decidiu terminar o contrato com o DJ Ivis e ele não fará mais parte do nosso elenco", disse a gravadora em um comunicado no início da noite", informou a gravadora.

Além disso, o DJ Ivis também teve prisão preventiva solicitada pela Secretaria de Segurança Pública do Ceará na quarta-feira (14), e desde então está sob disposição da justiça. Durante interrogatório, o músico escolheu ficar em silêncio.

Vídeo

DJ Ivis também teve um vídeo divulgado, que de acordo com as primeiras informações, foi gravado cerca de 20 minutos antes de sua prisão. Na mídia, o cantor aparece chorando e pedindo perdão para as pessoas que assistiram aquelas imagens e também para a sua ex-esposa, Pamella Holanda.

Em um trecho do vídeo ele assume o seu erro e fala que está sozinho e sem forças. Confira:

“Quando vi a matéria subindo eu tentei reagir não me justificando, mas eu agi errado mais uma vez. Eu tô vivendo hoje sozinho tentando ser forte, mas não existe mais força. Eu tô passando aqui para dizer para cada um de vocês para você que é mãe, para você que é filha, para você que é pai, para você que é família e para você Pamela, eu errei e assumo meu erro. As pessoas que convivem comigo sabem quem eu sou de verdade”.

Nos comentários do vídeo, publicado no perfil de um blogueiro, alguns famosos reagiram ao conteúdo. A atriz Suzana Pires respondeu que o ato era comum entre os covardes. Já Tatá Werneck questionou a fala do DJ, afirmando que as pessoas não pediram para ele ser perfeito, mas que se tenha justiça no caso.

"Mas ninguém tá pedindo perfeição não. Só justiça. Não bater em mulher. Quantas mulheres morreram e morrerão por homens que não conseguiram ser “perfeitos?”. Quantos filhos vão presenciar ainda um homem batendo em sua mãe?", comentou Tatá Werneck.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.