Investigação

MC Mirella é intimada sobre caso envolvendo exploração sexual

Funkeira colaborou com investigação contra aliciamento de menores de idade para prostituição
Na Mira02/05/2021 às 16h47
MC Mirella é intimada sobre caso envolvendo exploração sexualMC Mirella é intimada sobre caso envolvendo exploração sexual (Reprodução)

MC Mirella foi intimada e ouvida como vítima e testemunha em uma investigação da Polícia Federal em andamento na 1ª Vara da Justiça Federal de Sorocaba (SP), contra uma quadrilha de exploração sexual.

A advogada Adélia Soares, esclareceu que sua cliente Mirella "já contribuiu com seu testemunho, e várias outras pessoas também vítimas da quadrilha foram ouvidas"

O empresário Wissam Nassar, dono de um dos maiores shoppings do Paraguai é investigado por explorar sexualmente menores de idade, agenciadas por Rodrigo Otávio Cotait a pedido dele. A abordagem era feita em redes sociais.

Mirella chegou a ser acusada de aliciar uma adolescente de 17 anos. Ela teria oferecido R$ 5 mil para que a garota se encontrasse com Wissam. A funkeira foi investigada pelo Ministério Público Federal. Porém foi descoberto que ela também foi vítima da quadrilha quando era adolescente.

O próprio Rodrigo admite -- nas comunicações interceptadas -- ter aliciado a cantora quando ela tinha 16 anos. Mirella admitiu ter sido explorada pela quadrilha.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.