Pelas redes socais

Marília Mendonça se pronuncia após ser acusada de transfobia

Artista mencionou história de um músico em uma boate LGBT.
Na Mira10/08/2020 às 09h18
Marília Mendonça se pronuncia após ser acusada de transfobiaO comportamento de Marília foi criticado após a artista citar um caso em uma boate LGBT. (Foto: reprodução/Youtube)

BRASIL - Após realizar uma live musical nesse sábado (8), a cantora sertaneja Marília Mendonça passou a ser acusada, nas redes sociais, de transfobia. O comportamento de Marília foi criticado por alguns internautas após a artista citar uma história de um de seus músicos em uma boate LGBT, em Goiânia.

Durante a transmissão ao vivo o tecladista falou para a cantora contar a história de uma de suas músicas do repertório para a live. "O que a gente combinou no ensaio, que a gente ia falar, não saiu nada ainda (...) eu sei que a próxima música aí tem história, e ninguém quer falar a história", disse o tecladista.

Ao encerrar a música "Sensível Demais", a sertaneja, que já havia afirmado não lembrar de tal história, falou: "Eu acho que tô lembrada, foi quando um integrante nosso falou que tocava num lugar? Quem é de Goiânia lembra da boate Diesel, que tinha aqui em Goiânia. E aí não vou falar quem e nem vou falar o porquê, vou ficar calada. Quem lembra da boate Diesel, lembra da boate Diesel. Disse... que lá foi o lugar que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele. É só isso. O contexto vocês não vão saber", disse Marília em meio a risadas de seus músicos.

"Primeiro queria perguntar qual a graça de existir uma boate para o público LGBT? As risadas são de deboche...(...) eles estavam debochando de um amigo que ficou com uma menina trans. Quando terminei de ver, fiquei me perguntando onde estava a piada. Qual a graça de um cara se relacionar com uma menina trans?", disse a influencer Bruna Andrande, que fez um vídeo nas redes sociais reprovando a atitude da cantora.

Marília Mendonça já se pronunciou sobre o caso na manhã desta segunda-feira (10). "Pessoal, aceito que fui errada e que preciso melhorar. Mil perdões. De todo o coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei", disse.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.