Acidente aéreo

Morte de Ricardo Boechat completa um ano; amigos prestam homenagens

O jornalista foi vítima de um acidente aéreo em fevereiro de 2019.
Na Mira11/02/2020 às 09h17
Morte de Ricardo Boechat completa um ano; amigos prestam homenagensBoechat tinha 66 anos e era apresentador do jornal da Band. (Foto: Divulgação/Band)

BRASIL – Nesta terça-feira (11) completa um ano do acidente aéreo que matou o jornalista Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quattrucci.

Relembre:

Ricardo Boechat, da Band, morre em queda de helicóptero em São Paulo

Corpo de Boechat é cremado em cerimônia reservada em São Paulo

Um ano depois, as investigações tanto da força aérea quanto da polícia civil sobre a queda do helicóptero em que o jornalista se deslocava ainda estão em andamento.

Boechat, que ao logo de sua carreira acumulou três prêmios Esso, tinha 66 anos e era apresentador do jornal da Band e, também, da rádio BandNews FM. Além disso, atuava como colunista na revista IstoÉ.

Amigos do jornalista usaram as redes sociais homenagear e relembrar a vida e carreira de Boechat neste dia 11 de fevereiro. "Hoje faz 1 ano que perdemos o incrível Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quattrucci. Não me lembro de tamanha catarse desde a morte do Senna, em 1994", lamentou o jornalista e diretor criativo Marc Tawil.

Ver essa foto no Instagram

Nesta terça-feira, 11 de fevereiro, faz um ano que perdemos Ricardo Boechat, num acidente de helicóptero em São Paulo. Uma terrível fatalidade nos tirou um dos jornalistas mais combativos do Brasil, um profissional que não tinha apego a ideologias e que batia firme em todo mundo por igual. Seu destemor à frente do microfone da BandNews era impressionante, não poupava nenhuma autoridade, mas sempre dando ao outro lado o direito de dar sua versão, de se defender. Era um exemplo de profissional que faz bem à democracia. Há uma frase atribuída a Millôr Fernandes e também ao jornalista Cláudio Abramo que se encaixa muito bem na personalidade do “Careca”, como ele é conhecido na rádio: “Jornalismo é oposição, o resto é armazém de secos e molhados”. Em 11 de fevereiro de 2019 nós já sabíamos: as manhãs no rádio jamais seriam as mesmas. _ #boechat #ricardoboechat

Uma publicação compartilhada por Rodrigo Amorim (@rodrigopiresamorim) em

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.