Em São Luís

Oficina de culinária com receitas de buriti abre inscrições

As aulas ocorrerão nos dias 10 e 11 de fevereiro, das 14h às 18h.
Na Mira, com informações da assessoria 05/02/2020 às 07h38
Oficina de culinária com receitas de buriti abre inscriçõess pratos que serão preparados tendo o buriti como base são bolo, creme e tartalete. (Foto: reprodução)

SÃO LUÍS - A fruta buriti será o destaque de mais uma oficina de culinária oferecida no Museu da Gatronomia, no Centro Histórico de São Luís. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas nesta quinta-feira (6), das 8h às 12h, na sede do Museu (Rua da Estrela - Centro). As aulas ocorrerão nos dias 10 e 11, das 14h às 18h. Serão 20 vagas disponibilizadas e as inscrições são feitas por ordem de chegada.

Os pratos que serão preparados tendo o buriti como base são bolo, creme e tartalete. No primeiro dia de oficina, os alunos vão participar de capacitação com profissionais de história e turismo para entender o envolvimento dos maranhenses com a gastronomia - desde o dia a dia até os grandes festivais gastronômicos que ocorrem periodicamente em todo o Estado. No segundo dia, será a parte prática no Centro de Capacitação em Culinária Típica, localizada no próprio Museu, com a presença da chef Nayana Amorim, do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac-MA).

Um dos principais objetivos das oficinas realizadas periodicamente no Museu é capacitar as pessoas para a geração de renda e fortalecer a gastronomia local por meio da difusão de conhecimentos sobre o cardápio maranhense. “Em todas as oficinas realizadas trabalhamos com produtos que estão sempre disponíveis no nosso Estado. A capacitação visa oportunizar possíveis comercializações, tornando os pratos ainda mais populares”, explica a secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo.

A FRUTA

O buriti, além de rico em vitamina A, B e C, ainda fornece cálcio, ferro e proteínas. Consumido tradicionalmente ao natural, o fruto do buriti também pode ser transformado em doces, sucos, picolé, licor, vinho, sobremesas de paladar peculiar.

O óleo extraído da fruta é rico em caroteno e tem valor medicinal para os povos tradicionais do Cerrado que o utilizam como vermífugo, cicatrizante e energético natural. Também é utilizado para amaciar e envernizar couro, dar cor, aroma e qualidade a diversos produtos de beleza, como cremes, xampus, filtro solar e sabonetes.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.