Em 2020

Bolsonaro define cota de exibição de filme nacionais

De acordo com a medida, no mínimo 27 produções brasileiras terão que entrar em cartaz.
Na Mira28/12/2019 às 14h39
Bolsonaro define cota de exibição de filme nacionaisFoto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro modificou o decreto que altera a exibição de filmes nacionais pelas proprietárias de redes de cinema. Inalterada desde 2017, a "Cota de Tela" determinava que toda exibidora colocasse em cartaz 28 dias de filmes nacionais ao ano e agora, com a alteração feita por Bolsonaro, o número foi reduzido para 27,4 dias.

O sistema organizado para esse tipo de cota é avaliado de acordo com a quantidade de salas que os exibidores oferecem. A proporção deve variar, por exemplo, caso o cinema conte com apenas uma sala ele deverá exibir o valor mínimo estipulado, mas uma rede maior e com 200 salas, terão que exibir 57,3 dias de filmes nacionais no ano.

A medida também determina outros detalhes como variação de títulos, tempo do filme em cartaz e até uma cláusula que oferece redução de 20% da cota obrigatória para as redes que coloquem sessões com filmes nacionais a partir das 17h.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.