Sobrevivente da internet

Após 15 anos de existência, flogão chega ao fim

Criado em 2004, site de compartilhamento de fotos encerra as atividades nesta segunda-feira (24).
Na Mira23/06/2019 às 17h17
Após 15 anos de existência, flogão chega ao fimFlogão. (Foto: Divulgação)

BRASIL - Nesta segunda-feira (24), o Flogão, que foi sucesso na primeira década dos anos 2000, chegará ao fim após 15 anos no mercado. Talvez muitos nem soubessem que ainda existia, mas o site de compartilhamento de fotos até hoje abriga comunidades de caminhoneiros, fãs de pipas e grupos religiosos, entre outros inusitados.

No auge, entre 2007 e 2008, o Flogão tinha 25 milhões de acessos mensais e cerca de 7 milhões de perfis. Só do Brasil, eram 32 milhões de usuários ativos, de acordo com a publicação. A rede social, inclusive, é nacional. Ela foi criada em 2004 pelo programador carioca Cristiano Costa, com o intuito de ser uma versão brasileira do Fotolog.

O Flogão e Fotolog perderam espaço com a popularização do Facebook. Até que hoje, por enquanto, a rede social que está bombando é o Instagram.

O Flogão sugere que os usuários do site criem contas num serviço chamado MeAdd.com, que lembra bastante o visual dos antigos flogs.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.