Dia das Crianças

Veja dicas de como gastar menos nos presentes

A grande vantagem nos últimos anos é o crescimento da concorrência.
Na Mira, com informações da assessoria 01/10/2018 às 09h44
Veja dicas de como gastar menos nos presentesEssa é uma data que se repete todo ano, então, é possível incluir essa previsão de gasto já no planejamento. (Foto: reprodução)

BRASIL - O planejamento antecipado para datas comemorativas como o Dia das Crianças é o melhor caminho, seja para fazer pesquisas, ter mais tempo para guardar dinheiro para os presentes e até mesmo para começar a educar financeiramente as crianças.

Sabemos que toda criança, por menos consumista que ela possa ser, adora ganhar presentes, especialmente no Dia das Crianças, e sabemos também que quanto mais essa data se aproxima, mais aumentam os preços dos brinquedos e outros itens voltados para a criançada.

A grande vantagem nos últimos anos é o crescimento da concorrência, principalmente nas lojas virtuais, que oferecem a comodidade de fazer diversas pesquisas em um único dia e encontrar valores mais em conta, pechinchando descontos.

Mas antes de me aprofundar mais sobre economia nos presentes, acredito que essa é uma boa oportunidade para falar também em educação financeira para as crianças, ou seja, aproveitar essa ocasião em especial para começar a mudar os hábitos e comportamentos não só das crianças, mas da família toda, em relação ao dinheiro.

A obrigatoriedade de incluir a educação financeira nas escolas, através de normas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), foi um passo importante para que a realidade financeira do país comece a mudar. Milhares de escolas brasileiras hoje já aplicam a educação financeira com muito sucesso e tenho certeza de que a tendência é aumentar ainda mais esses números daqui para frente.

Após feito todo esse trabalho de inserir a educação financeira aos poucos na vida das crianças, você deve estar se perguntando: “Certo, mas ainda quero presentear. Como posso gastar menos?” Portanto para quem quer economizar de verdade no Dia das Crianças, apresento 5 orientações abaixo:

1 - Planeje-se

Essa é uma data que se repete todo ano, então, é possível incluir essa previsão de gasto já no planejamento, para conseguir escolher o presente com antecedência e se programar, pesquisando o melhor preço e pagando à vista. Não é tão difícil assim!

2 - Pesquise em vários lugares

Muitas vezes, o mesmo produto pode estar bem mais barato em outro lugar. Isso acontece muito na internet, afinal, as lojas possuem mais condições de fazer ofertas. Procure em, pelo menos, três sites, veja o valor à vista e parcelado, quanto cobra de frete, enfim. Se tiver tempo, veja também em lojas físicas, especialmente as de bairro, que conseguem praticar um preço mais em conta.

3 - Realize um sonho

Mais importante do que dar algo que a criança possa gostar é dar algo que ela realmente sonha, realizar alguma vontade, enfim, algo mais expressivo do que um desejo pontual. Assim, não será só o valor financeiro que contará, mas sim o sentimental, que é difícil precificar. Só vemos vantagem!

4 - Una os familiares

Se os tios e avós também forem presentear as crianças, juntem-se para dar um único presente mais expressivo. Às vezes, elas vão preferir isso a vários presentes menores e não tão significativos e, para os adultos, pode sair mais barato para cada um.

5 - Negocie

Depois de todos esses passos, chegou o momento de comprar, e é nessa hora que muita gente não pratica algo que pode ajudar muito a economizar: negociar. Há pessoas que têm vergonha, acham que estão sendo pedintes ou que é uma atitude “feia”, mas isso faz parte da prática de mercado, é normal e pode render bons descontos.

Lembrando que o importante mesmo é estar junto das crianças, brincar, passear, enfim, colecionar experiências no dia a dia. Portanto, se a situação financeira estiver muito complicada e o presente que tanto queria dar não poderá acontecer, tente explicar à criança (caso ela já tenha certa idade para compreenda) e decidam juntos outro presente que caiba no orçamento.

É com muita conversa, sinceridade e respeito ao padrão de vida que as pessoas evoluem e ajudam a formar uma sociedade mais consciente, sustentável e realizada. E, para que isso não se repita no ano que vem, coloque em prática a primeira orientação: planejamento! Agindo assim, você vai ver que é possível realizar muito mais sem perder a saúde financeira.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.